Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sexta 25 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 25/09/2020
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
Pmmc Sarampo
PMMC COVID SAÚDE

Suzano registra 1 crime violento a cada 3h, aponta estatística da SSP

24 JAN 2016 - 07h01

Suzano registrou um crime violento a cada três horas, no decorrer de 2015. Ao todo, foram apontadas 2.823 ocorrências. Foram levados em consideração os casos de homicídio doloso, com intenção de matar, estupros, roubos e tentativas de homicídio. O dado foi disponibilizado no site da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo, e é referente aos meses de janeiro a novembro do ano passado. Apesar do alto número de crimes, a cidade teve queda de 4,6% nas ocorrências, se comparado ao ano de 2014.

Para chegar a esse dado, o DS dividiu o número de ocorrências pelos 11 meses referentes, chegando a 256,6 crimes por mês. Assim, foi divido esse número por 30 dias mensais. O dado apontou 8,5 ocorrências por dia. Novamente, o número foi divido pelas 24 horas do dia, chegando ao dado apresentado de um crime a cada três horas.

Somente em 2015 foram registrados 2.691 casos de roubo. Entre eles, 690 casos foram de roubo a veículos, 60 roubos de carga, um roubo a banco, além de 1.940 roubos de outros segmentos, como a residências. Além disso, a cidade também registrou 77 casos de estupro, 34 homicídios dolosos e 21 tentativas de homicídio. Em 2014, o município registrou 138 casos a mais, apontando 2.959 crimes violentos durante os 11 meses do ano. Incluindo dezembro, 2014 registrou 3.261 casos. A Secretaria de Segurança ainda não divulgou os dados de dezembro de 2015.

Apesar da queda que se deu entre 2014 e 2015, Suzano teve aumento em 2% nos casos de roubo diversos, que em 2014 computava 1.890 casos e no último ano subiu para 1.940 crimes. O número de roubos de carga também cresceu 39%. Em 2014 eram 43 casos e, em 2015, subiu para 60.

O crescimento mais expressivo foi no número de homicídios com intenção de matar, que subiu 41% durante os dois anos. Antes, eram 24 casos de assassinatos, no último ano este número subiu para 34 casos no ano. De acordo com o especialista em segurança pública e privada Jorge Lordello, o número de crimes violentos em Suzano pode ser visto como positivo. "É um número baixo. Acredito que este ano vai cair mais. Vai ser um ano de muitas prisões e de queda na criminalidade, porque a nossa polícia tem feito um bom trabalho", contou.

Ainda de acordo com Lordello, a positividade no número de crimes é devido ao quadro de criminalidade visto em outras localidades. "Temos que levar em conta uma situação global, que aponta um aumento muito maior nos casos de crimes violentos. Apesar disso, acredito que se a Justiça ajudasse, os números seriam mais expressivos. Hoje a polícia prende um jovem e em seguida ele é solto", explicou.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias