Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sexta 25 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 25/09/2020
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
Pmmc Sarampo
PMMC COVID SAÚDE
Eleitorado

Suzano tem o 2º maior número de eleitores com deficiência física

Eleitorado com deficiência corresponde a 1,4% total dos votantes

Por Daniel Marques - de Suzano13 SET 2020 - 13h00
Alto Tietê tem 16.743 eleitores com alguma deficiênciaFoto: Regiane Bento/DS
O Alto Tietê tem 16.743 eleitores com alguma deficiência, o que representa 1,4% do total de votantes da região. De acordo com os dados do Tribunal Superior Eleitoral, Suzano tem o segundo maior eleitorado com deficiência da região, com 5.069 eleitores, perdendo apenas para Itaquaquecetuba com 5.197.
 
Mogi das Cruzes aparece na terceira posição com 3.201 eleitores com deficiência, seguido de Ferraz de Vasconcelos (939), Poá (841), Arujá (482), Biritiba Mirim (368), Guararema (308), Santa Isabel (217) e Salesópolis (121). 
 
Segundo o Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP), a Justiça Eleitoral adota todas as providências necessárias para cada eleição. Dessa forma, pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida têm a opção de votar em seções eleitorais com acessibilidade, que oferecem infraestrutura adequada, como rampas de acesso, largura das portas ajustadas a cadeirantes e banheiros adaptados.
 
A Justiça Eleitoral também oferece a opção da transferência temporária de eleitores com deficiência ou mobilidade reduzida. Para tal é necessário estar com situação regular no Cadastro Eleitoral; fazer a transferência para seção dentro do mesmo município solicitar transferência entre 25 de agosto até 1 de outubro.
 
O procedimento consiste em encaminhar em e-mail para a sua Zona Eleitoral , anexando uma cópia digitalizada ou foto de documento oficial que contenha foto (dos dois lados, se houver); foto do interessado, do tipo "selfie" com o documento e o requerimento preenchido ou digitado no corpo do e-mail.
 
Outras medidas
 
No dia da eleição, as zonas eleitorais contam com coordenadores de acessibilidade e de Língua Brasileira de Sinais e que prestam atendimento aos eleitores. Já as urnas eletrônicas oferecem recursos para pessoas com deficiência visual. O teclado possui números em braile, além de referência no número cinco para orientar aqueles que não leem a língua.
 
Como forma de acessibilidade, também é oferecida a possibilidade de utilizar fones de ouvido para que o eleitor receba sinais sonoros com a indicação do número escolhido. Em situações previstas pela legislação, o cidadão também pode entrar na cabine de votação acompanhado, o que fica a critério da avaliação do presidente da mesa de votação. Além disso, deficientes visuais podem ingressar nas seções eleitorais acompanhados de cão-guia.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias