Envie seu vídeo(11) 97569-1373
domingo 25 de outubro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 25/10/2020
PMMC MULTI 2020
Pmmc Sarampo Outubro
PMMC OUT ROSA
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
Reisinger Ferreira

Suzano tem o maior preço do etanol do Alto Tietê, apontam dados da ANP

31 MAR 2016 - 08h01

Suzano tem o maior preço de etanol da região e o segundo maior de gasolina. Segundo dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustível (ANP), o preço médio do álcool nos postos de combustível da cidade é de R$ 2,827, sendo que o valor está entre R$ 2,58 e R$ 2,89, uma variação de 11,97%. Já a gasolina tem um preço médio de R$ 3,55, sendo que a variação está entre R$ 3,24 e R$ 3,69, representando uma diferença de 13,85%.

A agência divulga dados de somente mais três cidades da região: Poá, Mogi das Cruzes e Itaquaquecetuba. Os outros municípios não contam na lista. Poá tem a maior variação de preços sobre o etanol e gasolina. É possível encontrar nos postos da cidade etanol entre R$ 2,69 e R$ 2,99, uma variação de 20,98%. O preço médio deste combustível é R$ 2,698. Em relação à gasolina os preços são de R$ 3,29 a R$ 3,75, assim demonstrando a variável de 13,94%. A gasolina tem um valor médio de R$ 3,505.

Mogi das Cruzes é a segunda cidade com a maior variação de preço. É possível encontrar nos postos de combustível os preços de R$ 3,34 a R$ 3,79 para a gasolina, com uma variação de 13,44%. O valor médio da gasolina é de R$ 3,51. Com relação ao etanol, o valor varia entre R$ 2,49 e R$ 2,99, com um valor médio de R$ 2,708. A variação é de 20%.

Já Itaquaquecetuba, por sua vez, tem a menor variação. Em relação à gasolina os valores diferem de R$ 3,44 a R$ 3,64, uma diferença de preço de 5,8%. O valor médio é de R$ 3,565. O etanol tem uma variação de preço de R$ 2,59 a R$ 2,89, uma variação de preço de 11,54%, com valor médio de R$ 2,744.

Para o consultor de treinamento e microempresário, Irinaldo Oliveira, o crescente aumento dos preços é insensato. "É um absurdo este aumento. Se formos a um País vizinho o preço não chega a R$ 1. Outro detalhe é que existe uma discrepância de valores de posto para posto em nossa região", frisou. Oliveira ainda classificou Ferraz de Vasconcelos como a cidade com os maiores números. "Sou morador ferrazense, mas sempre estou por aqui (para abastecer). Lá o valor é enorme".

A fuga dos altos preços da gasolina seria o etanol, no entanto, o combustível já não é mais avaliado positivamente como uma boa opção. "Antigamente as pessoas optam pelo álcool, uma vez que o valor era menor. Atualmente o aumento deu uma espantada nas pessoas, até porque acaba sendo mais viável abastecer com gasolina, também pelo fato da manutenção do carro", disse o confeiteiro Danilo Leite.

Já o frentista José Carlos Virginio avalia que o brasileiro está tendo mais gastos, com ambos combustíveis. Ele ainda frisou que mesmo com os altos preços da gasolina acaba abastecendo com o combustível citado, uma vez que o carro não é flex. "Não há escapatória, todos acabam gastando mais do que antes", disse.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias