Envie seu vídeo(11) 4745-6900
domingo 28 de novembro de 2021

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 28/11/2021
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
PMMC ISS
CREA-SP TRANSFORMAÇÃO
PMMC ECONOMIA DE ÁGUA
PMMC PARQUE

Taxa de transmissão da Covid no Alto Tietê tem queda pelo 12º dia seguido

Proporção indica que 100 pessoas na região podem infectar até outras 70 pelo vírus, segundo levantamento

Por Matheus Cruz - de Suzano22 OUT 2021 - 05h00
Taxa vem caindo na regiãoFoto: Regiane Bento/DS
O Alto Tietê chegou nesta quinta-feira (21) ao 12º dia consecutivo com queda na taxa de transmissão da Covid-19. 
 
De acordo com dados da plataforma SP Covid Info Tracker, a região atualmente está com a taxa de transmissão de 0,70. A proporção indica que 100 pessoas podem infectar até outras 70 pelo vírus.
 
Desde o dia 9 de outubro, a taxa vem caindo diariamente na reta limite de reprodução do vírus. Naquele dia, a taxa de transmissão era de 0,98 (100 pessoas infectariam 98).
 
De acordo com a plataforma, a taxa representa que a região está com “provável controle da transmissão” ao mesmo tempo em que a vacinação avança nas cidades, e a tendência é o índice cair ainda mais nos próximos dias.
 
Para se ter ideia, a taxa alcançada nesta quinta-feira não é atingida desde o dia 28 de agosto. Durante o mesmo mês, a região chegou à menor taxa registrada desde o início do ano, com 0,62 no dia 25.
 
A plataforma indica ainda, que o número médio de dias para a resolução dos casos de Covid-19 na região é de 16 dias. Isto é, período para que se tenha a recuperação plena do indivíduo ou o óbito após o período de internação.
 
A plataforma é gerida por meio da Universidade Estadual Paulista (Unesp), da Universidade de São Paulo (USP) e do Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (Cemeai).
 
Os dados são coletados diariamente pelos pesquisadores e o trabalho é feito na consulta de casos ativos, óbitos e recuperados das prefeituras de 92 cidades do Estado. A pesquisa é dividida por sub-regiões.
 
Sete das dez cidades do Alto Tietê entraram no levantamento. Ficaram fora apenas Biritiba Mirim, Guararema e Salesópolis – as três menos populosas da região. 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias