Envie seu vídeo(11) 4745-6900
sábado 27 de fevereiro de 2021

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 26/02/2021
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
CENTRO MÉDICO

Trem em Suzano recebe 5 mil passageiros a mais do que ônibus

07 AGO 2016 - 08h01

A Estação de Suzano recebe por dia cinco mil passageiros a mais do que os ônibus municipais. De acordo com a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), a média de embarques é de 32 mil usuários. Já segundo a responsável pelo transporte rodoviário, Radial Transportes, 27 mil circulam pelas 20 linhas disponíveis na cidade.

O movimento total na Linha 11- Coral da CPTM, entre Guaianases e Estudantes, é de 200 mil passageiros por dia. Sendo assim, a população suzanense representa 16% destes usuários.

Em relação aos ônibus no município, as diretrizes mais movimentadas são a do Miguel Badra- Colorado, Vila Barros- São José e Palmeiras- Companhia Suzano.

A estudante Letícia Felix costuma diariamente utilizar o ônibus para se locomover. Segundo ela, o veículo é mais confortável e tem alternativa para ir a diversas localidades. "Uso ônibus todos os dias para ir estudar. Também o usufruo para ir a outros lugares, porque ele vai a vários pontos. Além disso, acho bem seguro e acho melhor do que o trem em questão de conforto", argumentou.

A dona de casa Silvana dos Anjos também prefere se locomover por meio ônibus. "Trens são muitos cheios. Por conta disso, o transporte rodoviário é meu preferido. Há uma vantagem de usá-los também, sendo que podem parar em lugares certos, bem em frente aonde desejo chegar".

Já a assistente de vendas Claudinéia de Lima opta pela locomotiva por ser mais rápida. "Para ir ao trabalho sempre vou de trem, pois é mais ágil e de fácil acesso. Se eu fosse de ônibus, gastaria 10 minutos a mais no trajeto. Neste tempo que eu perderia, posso fazer várias outras coisas, como descansar mais".

O estudante Alexandre Abreu falou que utiliza os dois tipos de transporte, em virtude de ser mais prático no cotidiano.

"Para ir à faculdade ando em ambos dos transportes. Vou de ônibus, porque o ponto é mais perto de casa. E volto de trem, já que é frente à universidade. Assim, não tenho problemas no dia-a-dia".

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias