Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sábado 26 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 26/09/2020
ÚNICCO POÁ
Pmmc Sarampo
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
PMMC COVID SAÚDE

Vândalos destroem refletores e furtam cabos de energia do Parque Max Feffer

11 MAR 2016 - 08h01

O Parque Municipal Max Feffer foi alvo mais uma vez da ação criminosa de vândalos que destruíram refletores e furtaram reatores e cabos, comprometendo a iluminação do espaço. O caso aconteceu na madrugada de ontem. A Secretaria de Esportes, Recreação e Lazer já está tomando todas as providências para que os estragos sejam consertados. Por conta destes casos de vandalismo, a Secretaria de Esportes já solicitou o apoio da Polícia Militar (PM) e da Guarda Civil Municipal (GCM) para reforçarem a segurança no local.

Os furtos ocorreram principalmente nas entradas do parque e também nas proximidades da pista de caminhada. Foram levados aproximadamente de 40 metros de cabos de energia, dois reatores e os criminosos ainda danificaram inúmeros refletores. De acordo com a pasta, um Boletim de Ocorrência (B.O.) será registrado para que a polícia investigue as circunstâncias do furto.

"Infelizmente, esses vândalos vêm dando um grande prejuízo ao município, e o pior têm prejudicado os cidadãos de bem que frequentam o parque para a prática de atividades físicas e de lazer. É realmente lamentável", comentou o secretário de Esportes, Emerson Taboada de Faria, o Maria do Lava Rápido.

Recentemente, o equipamento sofreu outros três atos de vandalismo. No último deles, um grupo de meliantes arrombou portas, quebrou fechaduras e cadeados extremamente reforçados. Além do estrago ao patrimônio público, os bandidos levaram cadeiras, ventiladores e objetos de escritório. Na ocasião, frequentadores afirmaram que mais de 15 jovens nitidamente alterados entraram na piscina e destruíram equipamentos de manutenção e limpeza.

"Ficamos extremamente perplexos e tristes com a ousadia e a falta de sensibilidade desses meliantes, uma vez que os danos vão diretamente para a população. Essa série de roubos consecutivos mostra a despreocupação desses bandidos, mesmo nós mobilizando grande contingente dos funcionários para vigiarem o espaço no maior tempo possível", lamentou Maria.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias