Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quarta 24 de abril de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 23/04/2019
Pmmc
CENTERPLEX 18 A 25/04

Venda de peixes deve crescer até 30% durante a Semana Santa em Suzano

De acordo com as peixarias de Suzano, corvina e salmão estão entre os peixes mais procurados

Por Dennis Maciel - de Suzano15 ABR 2019 - 22h49
Peixarias preveem aumento nas vendas por causa do Feriado da Semana SantaFoto: Sabrina Silva/Divulgação
Comerciantes da região estão otimistas e esperam um crescimento nas vendas de peixes no em torno de 30% durante a Semana Santa em relação ao mesmo período do ano passado. De acordo com os gerentes das peixarias, os consumidores estão priorizando o preço baixo e a qualidade. Dentre os produtos mais vendidos estão a sardinha, corvina e o salmão.
 
A poucos dias da Sexta-Feira Santa, as peixarias de Suzano já sentem um pequeno aumento nas vendas. 
 
A tradição católica que veta o consumo de carne vermelha e carne de porco no feriado, faz com que as peixarias e supermercados aumentem suas vendas. De acordo com os comerciantes, este é o período mais lucrativo para o setor. 
 
Os estabelecimentos, que se planejam para a semana desde o início do ano, estimam um aumento significativo a partir da quarta-feira. Os comerciantes afirmam que o dia de maior movimento é na sexta-feira, seguindo o costume de "deixar tudo para a última hora". Muitos estabelecimentos de Suzano estenderão o horário para conseguir atender a demanda dos clientes.
 
De acordo com o gerente de uma peixaria, Marcos Pardo Valverde, a expectativa de vendas para este ano é de um aumento de 30% em relação ao ano passado.
 
"Desde a semana passada o movimento na peixaria dobrou, mas o grande aumento vem mesmo a partir da quarta-feira. Por conta do costume dos consumidores, os peixes mais vendidos ainda são a corvina, sardinha e os pescados. O bacalhau na caixa também tem saído bastante", afirma.
 
A Peixaria Pardo Valverde costuma ter o seu ápice de vendas neste período do ano. "Este é o período em que mais vendemos, isso por conta do feriado as Sexta-Feira Santa. Para conseguirmos atender a todos, iremos estender o nosso horário que será das 7h00 às 20h00. Por conta do costume de deixar tudo para a última hora, esperamos que o ápice das vendas seja na própria sexta", conta o gerente. 
 
Os funcionários da Fabinho Pescado também garantem que o movimento só deve se intensificar depois de quarta-feira. A expectativa na peixaria é que as vendas deste ano superem as do ano passado. Segundo os funcionários, a curvina, salmão, tilapia e sardinha são os peixes mais vendidos até o momento. 
 
O DS percorreu três peixarias da cidade para comparar a média dos valores dos peixes mais vendidos. O preço do kilo da curvina está em média R$ 19,80. O kilo do salmão está na faixa dos R$ 47,00 e o kilo da tilapia custa em média R$ 37,00. 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias