Envie seu vídeo(11) 4745-6900
terça 09 de março de 2021

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 07/03/2021
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
CAZARINI
CENTRO MÉDICO

‘Vou honrar cada voto’, afirma Dias sobre candidatura a prefeito

26 AGO 2016 - 08h01

Saúde, educação, valorização dos servidores públicos, além de planejamento estratégico para o orçamento do município são as prioridades do candidato a prefeito, José Dias (PTC). Pela primeira vez na disputa para a Prefeitura, Dias afirma que é o candidato capaz de transformar a cidade. Junto a ele está o candidato a vice, Oscar de Oliveira (PTC).

Empresário e morador de Suzano há 22 anos, Dias é natural de Cajamar, em São Paulo. Iniciou a vida profissional como seminarista e jesuíta, evangelizando locais carentes em todo o País. Ele disse que começou a se envolver com a comunidade do município assim que se mudou para cá, em 1999. Em 2004, Dias chegou a se candidatar para vereador em Suzano.

"Como cidadão sempre atuei cobrando os políticos, principalmente no que tange o desvio ou mal uso de dinheiro. Fiz várias denúncias. A minha militância sempre foi voltada a dar assistência às pessoas mais carentes. Dar informação de que forma eles deveriam cobrar os políticos e o Legislativo", contou.

Dias conta que resolveu se candidatar para melhorar a situação da cidade. "Foi diante da situação que nos encontramos hoje, a cidade numa situação econômica difícil, mas também por uma falta de responsabilidade dos políticos que passaram. Não tomaram conta da cidade e sim do grupo político. A cidade envelheceu. Está sem infraestrutura. Não há por parte dos políticos uma atuação maior junto ao governo estadual e federal", opinou.

Para o candidato, os eleitores devem votar nele por ser diferente dos outros políticos. É dessa forma que Dias pretende convencer a população. "Eu sou capaz de transformar, não a vida do suzanense, mas fazer com que eles tenha esperança. Confiança em alguém que vai fazer algo pelo município. Não vou de forma alguma prometer que vou construir isso e aquilo, porque seria mentira. Mas vou para as ruas. A corrupção é um assunto que corrói a gente. Por isso decidi sair candidato, só eu e meu vice", contou.

Entre prioridades no plano de governo, Dias citou saúde, educação, planejamento do orçamento e zeladoria. "A primeira coisa que vou fazer é convidar técnicos capazes de fazer um levantamento na vida financeira do município. Feito isso, vamos ter de contratar equipes capazes de fazer um planejamento dentro daquilo que Suzano terá de orçamento em 2017. Vamos ver como faremos a gestão desse dinheiro e procurar as prioridades", contou.

A saúde é um dos pontos principais para o candidato. "Não é simplesmente dizer que vamos construir hospitais porque não vamos ter condições de construir. E sim, aproveitar o máximo possível dos servidores que já existem, valorizá-los, porque com certeza há muitos funcionários capacitados. São mais de 200 com cargos auxiliares que não fazem nada porque não dão atividade a eles. É preciso uma boa equipe. Quero melhorar o serviço. Equipar as UBSs (Unidades Básicas de Saúde), capacitar os funcionários, além de contratar novos funcionários. E para contratar, é preciso reduzir alguma coisa", comentou.

Dias acredita que alugueis e contratações de empresas terceirizadas são ações que desperdiçam dinheiro, que podem ser descartadas. Na educação, o candidato falou sobre a importância das creches no município. "Vamos ter mais creches? Há necessidade de ter. Mas não é com essa facilidade. A educação não é custeada pelo dinheiro do município e sim do governo estadual. O que precisa é fazer uma boa gestão desse dinheiro", explicou.

Para isso, o candidato quer apostar em uma boa equipe técnica trabalhando na Prefeitura. "É preciso um secretário ligado à pedagogia que conheça o que é gestão da educação. Se tivermos um secretário capacitado, é possível se fazer muita coisa", contou. Dias afirmou durante a entrevista que durante seu envolvimento com a Prefeitura encontrou depósitos com panelas e artigos de higiene que não foram encaminhados às escolas. "Eu descobri no almoxarifado central. É a falta de uma boa gestão que leva o município a estar do jeito que está".

Para gerar emprego, o candidato quer investir na criação de um parque industrial. "Não temos hoje nenhuma área em que se possa construir um parque industrial. Grandes indústrias não vão vir para cá porque não temos estradas capazes de escoar produção. Mas a região de Palmeiras, que é uma região de preservação ambiental, é possível trazer pequenas empresas. Elas mesmas teriam projetos de recuperação ambiental para outra área. Ao longo de Palmeiras existem vários pontos em que se pode trabalhar e levar empresas não poluidoras químicas e sonoras, sem agredir a natureza, para gerar empregos", contou.

Se vencer a eleição, Dias afirmou que irá compor o secretariado apenas com pessoas com profissionais qualificados e concursados. Já sobre a campanha, o candidato contou que tem visado o contato direto com a população. "Eu estou colocando na minha campanha meu próprio dinheiro. Do meu próprio bolso. Se eu encontro pessoas na rua eu paro e converso; se vejo no quintal, bato palma, chamo e converso. Meu diferencial é que não sou político, gosto de faze política", contou.

Como mensagem aos eleitores, Dias afirmou: "Eles podem confiar que nessa administração, antes do homem público, vai estar o homem real. Que vai honrar cada voto dado a mim".

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias