Envie seu vídeo(11) 97569-1373
terça 29 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 29/09/2020
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
SOUZA ARAUJO
Pmmc Sarampo
ÚNICCO POÁ
PMMC COVID SAÚDE

12 de agosto - Homenagem aos Pais

12 AGO 2016 - 08h00

carmine1º Domingo de agosto é o Dia dos Padres e o 2º Domingo é o Dia dos Pais.

Datas diferentes, mas a missão é a mesma.

Padres e pais avançam juntos para cumprir a missão que Deus confiou-lhes. Lutam, sofrem e enfrentam com incansável espírito de fé os desafios que mexem com a família e a comunidade religiosa.

A tarefa deles é a mesma: cuidar do bem dos filhos. Há filhos com paternidade genética e filhos com paternidade espiritual.

Cabe aos pais e aos padres serem bons educadores e conselheiros, acompanhando com amor e ternura o crescimento deles, adotando os melhores critérios humanos, religiosos e civis para educá-los na fé e no respeito aos valores fundamentais da vida.

Como bons samaritanos curam as feridas dos filhos causadas pelo morbo do mal que infecta a sociedade.

Pais e padres trazem no peito a chama ardente de um amor infinitamente generoso e na alma a alegria da família e do povo, amados.

Com fé batalham e lutam a jornada inteira, desde o amanhecer até a noite, abrindo os olhos e os braços para ir ao encontro dos filhos.

A história está nas mãos deles. Aos pais cabe oferecer casa, saúde, pão, educação e aos padres cabe denunciar a falta de saúde, educação e moradia para que todos tenham acesso ao bens que garantem uma vida digna, livre de toda opressão, injustiça e condenação e cabe indicar também o caminho que leva a Deus e aos bens imperecíveis da vida eterna.

Eles têm poder para decidir o rumo da caminhada com toda a família ou com todo o povo reunido.

É uma pena que pais e padres não trabalhem juntos estabelecendo metas educativas na educação das crianças, dos adolescentes e jovens.

Tudo a perder, sem conseguir se entender e atender. Quanto ao contrário, pais e padres poderiam ser mais fortes e mais geniais no acompanhamento da família e da comunidade e serem firmes porta-vozes de Deus no mundo de hoje.

Indecifrável é o cansaço e a fadiga do dia a dia.

Não percam o pique, o carinho, a ousadia, a garra e o idealismo. O futuro sorrirá e veremos desabrochar um trabalho mais fértil e fecundo, com famílias mais unidas, comunidades mais vivas e novos tempos mais benditos.

Juntamente aos pais e padres queremos homenagear também os padrinhos. Não existe um dia dedicado a eles, mas não podemos esquecer que os padrinhos são escolhidos para cuidarem dos afilhados com uma paternidade ou maternidade espiritual.

É necessário dizer que como há vários tipos de pais, assim também há vários tipos de padrinhos.

Mas a diferença está no fato que ninguém escolhe os pais, quanto ao contrário é sempre possível escolher os melhores padrinhos que permaneçam amigos e companheiros ao lado do afilhado.

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias