Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quinta 01 de outubro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 01/10/2020
SOUZA ARAUJO
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
ÚNICCO POÁ

A decisão de subir ou descer a escada será sempre sua

24 NOV 2015 - 07h00

Jorge LordelloUm viúvo morava com suas duas filhas, que eram curiosas e inteligentes. As meninas sempre faziam muitas perguntas. Algumas ele sabia responder, outras não. Como pretendia oferecer a elas a melhor educação, mandou-as passar férias com um sábio que morava no alto de uma colina. O sábio sempre respondia, sem exitar, todas as perguntas. Impacientes com o mestre, as meninas resolveram inventar uma pergunta que ele não saberia responder. Então, uma delas apareceu com uma linda borboleta azul, que usaria para pregar uma peça no sábio. "O que você vai fazer?" perguntou a irmã. "Vou esconder a borboleta em minhas mãos e perguntar se ela está viva ou morta. Se ele disser que está morta, vou abrir minhas mãos e deixá-la voar. Se ele disser que está viva, vou apertá-la e esmagá-la. E assim, qualquer resposta que nos der estará errada!" As duas meninas foram, então, ao encontro do ancião, que estava meditando. "Tenho aqui uma borboleta azul. Diga-me sábio, ela está viva ou morta?" Calmamente, ele sorriu e respondeu: "Depende de você. A resposta sempre esteve, está e estará em suas mãos". Amigo leitor, todas as pessoas que você conhece, até as mais equilibradas, tiveram, têm e terão problemas de ordem emocional. Isso é algo comum nos seres humanos. Em cada fase da vida surgem dúvidas e problemas novos a serem enfrentados. Você pode estar pensando: "Puxa, mas isso é ruim... a vida poderia ser mais fácil para todo mundo". Esse tipo de pensamento não é correto. Cada vez que suplantamos uma dificuldade, subimos um degrau de experiência de vida, tornando-nos, assim, mais fortes e resistentes. Algumas pessoas ao invés de subir, acabam descendo degraus, caminhando na direção contrária. São aquelas dependentes de drogas e remédios. Outras estacionam na escada da vida. Querem continuar caminhando, mas não encontram forças para seguir o caminho natural do aprendizado e vivência. Não importa o estágio que você esteja. O que verdadeiramente importa é acreditar que pode mudar o rumo no momento que tomar suas decisões. Mudanças não ocorrem de fora para dentro e sim do interior para o exterior. Profissionais da área da psicologia, bons amigos, livros e textos motivacionais são ferramentas importantes para uma melhor reflexão e visualização. Muitos fatos que, aparentemente, são ruins, vistos por ângulos diversos podem até ser favoráveis. Mas uma coisa é certa, ninguém poderá fazer por você, pois Deus, sábio demais, deixou à disposição de cada pessoa o livre arbítrio. Portanto, ao subir ou descer o degrau, a responsabilidade será sempre sua.

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias