Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sábado 26 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 26/09/2020
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
PMMC COVID SAÚDE
ÚNICCO POÁ
Pmmc Sarampo

A Virgem de Guadalupe e os seus devotos suzanenses

11 DEZ 2015 - 07h00

carmineOs católicos celebram no dia 12 de dezembro, a festa de Nossa Sra. de Guadalupe, padroeira do México, da Cidade do México, da América Latina e venerada também em Suzano. Há muitas Igrejas, casas de recuperação, asilos, hospitais, creches, dedicados à Virgem de Guadalupe.

O que trago aqui, é a lembrança da alegria e da emoção, curtidas pelo casal Felipe, o pequeninho e Lourdes, a pequeninha e por tantos outros peregrinos, que saíram de Suzano, para visitar o Santuário de Nossa Sra. de Guadalupe, no México. Uma visita rica de fé, de luz e devoção filial a Maria. Juan Diego, o índio, era muito devoto de Maria, e foi a ele que Nossa Senhora, pediu para se dirigir ao Bispo da cidade e lhe pedir que construísse um santuário, na Cidade do México, provando com o milagre do manto, que o seu desejo vinha do céu. O índio já conhecia a devoção a Nossa Sra. de Guadalupe, introduzida no México em 1531, pelos espanhóis. De fato, há em Cáceres, no norte da Espanha, o mosteiro dedicado à Virgem de Guadalupe, desde o ano de 1389, após uma imagem milagrosa de Maria, ter sido encontrada no rio Guadalupe.

Em Suzano, antes que o Pe. Ademir dedicasse a Nossa Sra. de Guadalupe, a Casa que acolheu os meninos de rua e hoje acolhe os jovens e os adultos, que estão se recuperando do vício do álcool e das drogas, Felipe e Lourdes, já vinham difundindo entre amigos e nas comunidades, a devoção à Virgem de Guadalupe.

O Felipe, que há três meses está internado na Beneficência Portuguesa, exulta de alegria, quando fala de Nossa Senhora, contagiando a todos, com o seu coração repleto de fé e profunda devoção a Maria.

Os dias 12 de outubro e 12 de dezembro, são datas inesquecíveis, que devem fazer pulsar sempre mais forte no nosso peito, o amor filial à Maria, mãe de Jesus e nossa intercessora no céu, tão próxima do seu Filho, para obter dEle as graças necessárias que queremos alcançar por meio dela.

Sobre o obscuro futuro dos Aztecas, dominados pelos espanhóis, Maria fez brilhar a luz da verdadeira civilização cristã, que traz o apelo ao amor, à igualdade entre opressores e oprimidos, poderosos e pobres.

A Felipe, que já conseguiu vencer a primeira batalha, colocando na janela do hospital, a bandeira e a faixa de hexacampeão do Corinthians, desejamos que logo alcance vencer a segunda batalha, vencendo a anemia e voltando para casa com um coração novo.

No quarto do hospital, com Lourdes e a filha Yêdda, que visitam Felipe todos os dias, encontra-se Nossa Sra. de Guadalupe, que noite e dia, com ternura e carinho está ao lado dele.

Que na Casa de Guadalupe, Nossa Senhora seja guia na vida espiritual e serviçal dos voluntários, que fazem parte da Associação Emaús, a fim de que o trabalho de recuperação, seja centrado no resgate da dignidade, dos que se perderam no vício.

Aos suzanenses, que já estiveram no México, não falte a oportunidade, de visitar também o Peru e a Guatemala, para conhecer aquilo que a história guarda, das civilizações dos Maias, dos Incas e Aztecas.

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias