Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sexta 30 de outubro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 30/10/2020
Pms Coronavírus - Fase Verde
Pmmc Sarampo Outubro
PMMC MULTI 2020
PMMC OUT ROSA
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO

Alegrias

12 SET 2015 - 08h00

suami-cor_Aprendi a agradecer cada dia a mais que me vem. E hoje tive alegrias.

Falei com dois amigos. Foi muito bom. Senti-me feliz.

Minha mulher lembrou-me do aniversário do Padre Carmine. Gosto muito dele. Somos amigos há muitos e muitos anos. Temos respeito, admiração e carinho um pelo outro. É tão bom. Isso me faz bem. E sei que também é positivo para o amigo Carmine. Temos tantos pontos de interesse comum. Temos visões para as mesmas direções. Ele é um sacerdote católico, o que o coloca numa posição especial, que eu valorizo. Amamos a nossa querida Suzano. Queremos o melhor para os susanenses, mesmo para aqueles que vivem aqui e nem se reconhecem como tal. E isso, felizmente, é percebido por muita gente.

Parabéns, querido amigo, Padre Carmine, por mais um aniversário. Sou feliz por poder cumprimentá-lo mais uma vez. Desejo que continue com a sua leitura do mundo, fazendo tanto Bem. Foi bom falar com ele.

E tive outra alegria. Senti uma grande necessidade de visitar a minha muito querida amiga Zaira, a famosa Dona Zaira, uma das mais respeitadas benfeitoras da cidade. Ele criou a Associação Beneficente Vinha de Luz, no Parque Maria Helena, onde montou uma pré-escola, que acabou se tornando uma das maiores instituições beneficentes de todo o Alto Tietê. A minha amiga Zaira com sua orientação Espírita Kardecista, depois criou outra entidade beneficente na Vila Amorim, também em Suzano. Ele tem hoje seus 93 anos de idade. Em janeiro completa 94 anos. Temos tantos anos de amizade e carinho juntos.

Estava recebendo amigos e alguém se referiu ao fato do meu irmãozinho Zito Fadul que estava hospitalizado. Coisa triste. Imediatamente, lembrei de um desses fatos que não sabemos explicar. Há coisa de uns trinta anos, entronizamos a foto do Dr. Aniz Fadul, pai do Zito, como patrono da escola estadual, nas Palmeiras, onde eu era Diretor. Quando retiramos o pano que cobria o retrato aconteceu um vendaval em círculos no pátio da escola. A Zaira, que estava presente, fez apenas sinal com as mãos de calma. E o vendaval parou.

Tinha de ver a minha amiga que fazia tempos não encontrava.

Com ela, em sua casa, lembrei que um dia ela me disse que havia recebido um quadro, que era para mim. Trouxe o quadro, uma pintura a óleo, emoldurada, coberto em papel. Abri o pacote e vi uma pintura que logo identifiquei o estilo, assinado "Vincent". Sem outro, disse: "É Van Gogh! que eu amo". Ela nem tinha visto o quadro, levou-o apenas para me entregar.

Coincidências... Alegrias.

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias