Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Segunda 20 de Novembro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 19/11/2017
mrv

Comentando a matéria de Lorena Burguer

29 MAI 2015 - 08h00

Os problemas levantados pela articulista Lorena Burguer, na matéria publicada no dia 19 de maio no Diário de Suzano, não podem sobrevoar a cidade e ficar apenas no ar.

Assustei-me por tudo aquilo que escreveu no grito e no lamento, com boa veia forense pela linguagem clara e objetiva, marcando a minha consciência de cidadão pelas feridas urbanas que aparecem na matéria e incentivando-me a não perder o pique e o realismo nos textos semanais que publico no DS.

A advogada disparou em todas as direções, falando da situação das praças e ruas, do ar e das plantas.

Corajosamente encarou de frente e com imensa dor a dura realidade em que encontra-se a cidade, que, no passado, era chamada "Cidade das Flores". O que dizer? O que fazer? Vamos replantar as flores e acompanhar com a devida consideração e o devido reconhecimento a revitalização que está acontecendo nos bairros, porém, seria bom perguntar às pessoas, se os serviços realizados, devolvem ao bairro nova luz, novo brilho e nova vida, ou são apenas remendos.

Dra. Lorena, unimos nossas vozes para transmitir esperança aos suzanenses, pois nem tudo está perdido. Pela honra de seu mandato, o prefeito Paulo Tokuzumi (PSDB) fará de tudo para deixar a cidade mais arrumada. Todos estamos cientes dos problemas que afetam a cidade e também os governos estadual e federal, porém, o prefeito não perderá a chance de apresentar algumas novidades antes que termine o seu mandato.

Ao ler a matéria, percebemos que a articulista poupou de fazer críticas ao estado lamentável do parque municipal Max Feffer, à passarela que ainda não foi derrubada, à Marginal do Una que está com obras inacabadas há 10 anos e a demora na entrega da nova estação. Esses projetos estão gemendo e à espera de soluções mais rápidas. As administrações municipais não podem perder a confiança dos eleitores.

Nas próximas eleições, teremos candidatos bons no grito, mas também com muitas tramas eleitoreiras, partidárias e políticas.

O povo quer sair do túnel escuro e começar um futuro, que alegre a vida, o lazer, a saúde, a segurança, o ensino e o bem-estar.

Os dias são corridos e prestes chegaremos às eleições, com duzentos mil cidadãos que depositarão seu voto na urna.

Bendito voto democrático, que pode trazer mudanças, onde a justiça é ferida, ultrajada e ignorada.

Onde mentira e corrupção viraram roupas de moda, onde existe a marcha da exploração. Em Suzano, os espinhos hão de virar flores, sem mágica ou enrolação, apenas com a luta insistente dos sinceros e verdadeiros patriotas, que querem uma cidade melhor para se viver. A matéria de Lorena Burguer, não se perde em voos de fantasia e imaginação. A crítica é contundente e diz respeito a uma realidade que está aí para quem quiser ver e tocar e combina com a mesma queixa do cidadão comum.

Como seria bom, se houvesse uma revitalização, capaz de transformar os centros comerciais de Palmeiras, Colorado, Dona Benta e Miguel Badra Alto, em centros comerciais modernos, com correios, bancos e lotéricas, eliminando poeira, buracos, intrigas e brigas. O povo tem que lutar muito para conseguir melhorias na vida da cidade. Ele tem o direito de ver, pensar e agir, sobretudo na cabine, na hora de votar.



Padre Carmine

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias