Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Quinta 23 de Novembro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 23/11/2017
mrv

Conservação de ruas e calçadas

19 MAI 2015 - 08h00

Está terrível a conservação de ruas e calçadas de Suzano. Buracos, desníveis, raízes de árvores, lixo espalhado, sujeira de cães, restos de comida, além de esgoto vazando e deixando o ar insuportável.

As inúmeras lanchonetes e pastelarias existentes nas ruas centrais cheiram a gordura velha, reutilizada, em algumas as calçadas ficam lambuzadas de óleo e sabão, resultado da limpeza do ambiente.

Os carrinhos de cachorro quente impedem o caminhar dos pedestres, pois, colocam bancos para os fregueses se acomodarem, latas de lixo e parte de suas coberturas tomam espaço imenso nas calçadas, obrigando as pessoas mudarem seus trajetos e caminharem pela rua, colocando em risco a vida em meio aos veículos...

O calçamento vem se soltando gradativamente e os buracos vão aumentando pela falta de conservação e manutenção, facilitando os tombos, dificultando o caminhar.

Não encontramos mais lixeiras nas calçadas, em frente aos estabelecimentos comerciais, as pilhas de sacos de lixo, que não tem mais hora para ser colocado para fora, além do mau cheiro, ainda atravancam o caminhar.

Em muitos locais onde ainda existem árvores, maltratadas pela poluição, elas exibem suas raízes que tentam escapulir do quadrado de cimento que as limitam, então viram montanhas que temos que ultrapassar ou racham as calçadas e muros, tornando o espaço muito perigoso para podermos andar.

Em alguns lugares ainda temos que ter cautela para não esbarrar nos andarilhos que dormem pelo chão e espalham seus pertences por todos os cantos.

Aqueles que têm dificuldades e necessitam de fazer uso de muletas, bengalas e cadeiras de rodas sofrem muito mais, pois, os locais de acesso são terríveis para qualquer um, muito mais para eles...

As vias estão esburacadas, necessitando reparos... Nos dias de chuva somos agraciados com água suja empoçada que nos são lançadas pelos condutores de alguns veículos que parecem se divertir com essas atitudes desprezíveis e condenáveis.

Se estivermos de carros vamos sentir os solavancos dos desníveis das pistas que percorremos, mesmo essas que estão acabando de receber manutenção sofrem desse mal.

Entretanto, quando verificamos a instalação de radar de fiscalização de velocidade, nesse local a via está bem cuidada, não há buracos, para facilitar a vida do motorista e assim poder flagrar um excesso de velocidade e lucrar com essa infração.

As pessoas de fora que são obrigadas a dirigir seus veículos em nossa cidade, atrapalham o trânsito, parando com frequência para saber que destino seguir, pois, as placas indicativas de direção, quando as localizamos, somem repentinamente, deixando o cidadão na mão e à mercê de informações. Gostaria muito que fosse diferente, afinal estamos pretendendo nos tornar uma cidade de turismo, mas infelizmente, ainda vamos ter que esperar muito para vermos mudanças significativas. Oxalá eu me engane e breve possa novamente elogiar essa cidade que me acolheu.





Lorena Burguer

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias