Envie seu vídeo(11) 4745-6900
quarta 21 de abril de 2021

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 21/04/2021
CHECK UP - PÓS COVID
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO

Desmazelo

21 JUN 2016 - 08h00

lorena burger jurada do c de cronica-frrPrecisamos melhorar a qualidade de vida dos moradores das cidades, essa é uma frase constante nos últimos tempos, principalmente na boca de muitos candidatos por este país afora... Palavras vãs que somente servem de promessas que não serão cumpridas se eleitos, infelizmente.

No centro da cidade vemos esgoto correndo mal cheiroso bem próximo de barracas de lanches e de comércios, mas não vemos o problema resolvido, mesmo se tratando de uma via central que detém a maioria do comércio e serve de cartão postal.

Ali bem próximo, na praça da igreja, uma erva daninha vai aos poucos sufocando as árvores e as matando, mas ninguém vê essa morte lenta de nossos pulmões verdes, na área rural conhecemos como passarinha é trazida inocentemente pelos pássaros que comem seus frutos e as semeiam, mas lá elas são combatidas, aqui elas estão maiores que as árvores...

No outro quarteirão, para aproveitar o máximo o espaço construído e para não ser multado pelo corte de árvores algum cidadão resolveu matar a árvore que se encontrava na calçada de maneira indigna... Cercou suas raízes de cimento e cortou parte de suas cascas, ela secou morreu e agora é só pedir para tirar aquele tronco que morreu esticando seus galhos secos para o céu pedindo socorro aos humanos que não ouviram seu clamor.

O parque Max Feffer está com suas calçadas irregulares e as árvores ali plantadas são dilaceradas pelas pessoas que passam e, em seu interior são poucas árvores que concedem sombra aos usuários, num parque onde as pessoas praticam esporte e as crianças brincam deveriam ter muitas árvores, plantas e flores, afinal aqui não é a Cidade das Flores?

Saindo do centro onde os problemas são muitos, vamos dar uma volta pelos bairros e aí tudo é muito pior, nas proximidades das margens do rio Tietê o lixo beira a via em pequenos montes que são revirados pelas pessoas que moram por ali, os barrancos estão sendo escavados para novas construções que na época da chuva estarão inseguras, transformando seus moradores em vítimas que deverão ser acudidas pelo poder público, esse mesmo poder que deveria fiscalizar e evitar que essas obras acontecessem.

Prosseguimos nessa caminhada e vemos restos de animais mortos, mais lixo amontoado, casas construídas sem nenhuma infraestrutura, sem nenhum cuidado e que colocam seus moradores em risco de vida constante.

Os políticos em plena campanha dizem estar visitando todos os bairros e conversando com sua população, será que estão vendo o que todos vemos? Será que se eleitos vão buscar melhorar a situação de nossa cidade ou farão vistas grossas para esses problemas que se agravam com o passar dos anos...

Nossa confiança nos políticos está em baixa contínua e, vê-los frequentando festas e reuniões na busca incessante de votos não aumenta a fé que podíamos depositar neles, muito ao contrário...

Não precisamos de políticos, precisamos de seres humanos dispostos a administrar com bom senso, equilíbrio e honestidade a cidade para qual forem eleitos, tratando com dignidade a população, respeitando o meio ambiente e a vida.

De desmazelo já estamos cansados...

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias