Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Sábado 25 de Novembro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 25/11/2017
mrv

Desperta Cidade das Flores

03 ABR 2015 - 08h00

Certamente ela vai desabrochar para tornar-se bela e graciosa, nas ruas, nas praças, nos bairros e nos quarteirões centrais. Com seus 66 anos de vida político-administrativa, a cidade de Suzano continua criança e, como qualquer criança, é destinada a crescer, a se desenvolver e progredir. No entanto, hoje, no seu aspecto exterior parece ser uma criança pobre, sujeita a maus tratos e descaso. Precisa de mais cuidados e segurança, carinho e atenção. Há instante em que a cidade-criança soluça, engasga, não respira. Há no seu corpo, batidas, hematomas, feridas e ao ser levada ao Pronto Socorro ou à Santa Casa, é atendida e tratada com poucos recursos. A cidade-criança vive, todavia os cidadãos e os administradores municipais, tentam evitar judiá-la e fazê-la gemer de dor. O futuro sorrirá para esta cidade e ao comemorar novos aniversários ela verá em torno de si coisas mais lindas. Entrará numa Estação mais bonita e utilizará trens mais modernos e confortáveis, passeará por caminhos e parques com flores e espaços paisagísticos. Terá uma farta e abundante merenda escolar e material para estudar. Gritará e não ficará calada quando for machucada e maltratada e cantará com todas as notas, quando as conquistas chegarem. Precisa acreditar no potencial imenso que a cidade-criança tem, calcular rápido as suas necessidades e saber sentir seus anseios. Os cidadãos e os administradores municipais, precisam ajudá-la a derrubar o medo, a insegurança, a escuridão. O desafio é grande. A história está começando. Que o dia 02 de abril, dia de seu Aniversário, traga sempre notícias boas, para a todos alegrar. Como é bom ver esta cidade-criança bem vestida, com roupas novas e de lindas cores, cercada de flores e de presentes, comemorando aniversários cheios de luz e de beleza. Daqui a um ano e meio ela estará na 17ª série. Já se foram 17 mandatos. Nascida do nada, Suzano viu os primeiros moradores darem-se as mãos em ansiosa caminhada e conseguir como nunca, uma Santa Casa, um Ginásio de Esportes, um Auditório, uma majestosa Igreja na Praça central, hospitais particulares e uma infinidade de fabricas e empresas. Viu estradas, ruas e avenidas novas, abertas para conter as idas e voltas de uma modesta porcentagem de carros. Hoje a cidade deveria ser outra, na malha viária, rodoviária e turística, na urbanização e industrialização. Anda engatinhando, entre trancos e barracos, sonhos e lutas, derrotas e conquistas, adivinhos e cartomantes, cujos prognósticos indicam a chegada de novas lideranças. No entanto a atual administração, deseja terminar o mandato com um balanço cheio de novidades. Que consiga ajudar a cidade-criança a se tornar uma cidade-moça, vestida com alva dourada, para a gente ver a sua beleza exterior e interior. A primeira, tratada com uma estética moderna, capaz de dar uma melhor definição aos contornos sociais, através de educação, saúde e segurança, combatendo o analfabetismo, a mortalidade infantil, a violência, a corrupção e tantos outros males que afetam a vida da cidade. A segunda, com a beleza interior, a ser conquistada com a fé em Deus e com autênticos atos e sinais de justiça, honestidade e promoção da vida e da dignidade das pessoas.





Padre Carmine

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias