Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Quinta 23 de Novembro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 23/11/2017
mrv

Deus está no controle

12 ABR 2015 - 08h00

Muitas vezes temos medo - medo de barata, medo do escuro, medo da violência, medo da solidão, medo de não darmos conta de nossas responsabilidades, medo de não conseguirmos alcançar determinados objetivos, medo do futuro, medo de perdermos pessoas que amamos, medo de falharmos; enfim, podemos ter medo de tantas coisas! Muitos medos são reais, de fato. Mas o que Deus nos diz sobre o medo? Depois da morte de Moisés, Deus falou com Josué para que este assumisse a liderança do povo de Israel, conduzindo-o até a Terra Prometida. Deus prometeu cuidar de Josué em todos os sentidos, assim como fizera com Moisés. A missão era grande, sem dúvida! Por isso, Deus o mandou ser forte e corajoso - "Não to mandei eu? Sê forte e corajoso; não temas, nem te espantes, porque o Senhor, teu Deus, é contigo por onde quer que andares". (Josué 1:9)Esse texto deixa claro que o medo pode vir a todos; no entanto, cabe a nós tomarmos uma posição de força e coragem. Deus não disse para Josué - "Sinta-se forte e corajoso"; mas sim "sê forte e corajoso". Como ser forte e corajoso? Enfrentando aquilo que nos causa medo, mantendo a nossa confiança em Deus.

Muitos homens tementes a Deus tiveram medo. O rei Josafá, por exemplo, conforme está registrado em II Crônicas 20:3-15, teve medo, quando foi avisado que um grande exército inimigo vinha em sua direção. O perigo era iminente. O que fez ele? Pôs-se a buscar ao Senhor e apregoou jejum em todo Judá. Reconheceu a sua impotência, recorrendo Àquele que tudo pode. Foi então que veio a palavra do Senhor por meio de Jaaziel-"Não temais, nem vos assusteis por causa desta grande multidão, pois a peleja não é vossa, mas de Deus". (v.15) O rei foi firme e determinado ao se dirigir ao povo - "Crede no Senhor, vosso Deus, e estareis seguros; crede nos seus profetas e prosperareis". O interessante da história é que não houve a utilização de armas, a não ser as espirituais. Quando o povo começou a cantar louvores, engrandecendo a Deus, a resposta divina tornou-se uma viva realidade - os inimigos se destruíram mutuamente. Ao povo, além da vitória, coube recolher os despojos de guerra - riquezas em abundância e objetos preciosos. Quando estiver com medo, busque a Deus, louve, ore, jejue, pois o Senhor dará direção e respostas certas. Conta-se que um menino estava sozinho na sala de espera do aeroporto, aguardando seu voo. Quando o embarque começou, ele foi colocado na frente da fila para entrar e encontrar seu assento antes dos adultos. O menino foi simpático, quando puxaram conversa com ele e, em seguida, começou a passar o tempo colorindo um livro. Não demonstrava ansiedade ou preocupação com o voo, enquanto as preparações para a decolagem estavam sendo feitas. Durante o voo, a aeronave entrou numa tempestade muito forte, o que fez com que balançasse como uma pena ao vento. A turbulência e as sacudidas bruscas assustaram alguns dos passageiros, mas o menino parecia encarar tudo com a maior naturalidade. Uma das passageiras sentada do outro lado do corredor, ficou preocupada com ele e perguntou:

- Você não está com medo? - Não, senhora, respondeu ele, levantando os olhos rapidamente de seu livro de colorir e piscando um dos olhos: "Meu pai é o piloto". "Em Deus ponho a minha confiança e não terei medo!" (Salmo 56:11)

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias