Envie seu vídeo(11) 97569-1373
terça 22 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 22/09/2020
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
PMMC COVID SAÚDE

Ética

24 MAI 2016 - 08h00

lorena burger jurada do c de cronica-frrTodos nós, nos últimos tempos, estamos questionando a ética na política como a forma de melhorar nosso país, acabar com a corrupção e dar a chance de ver o progresso sair da bandeira e fazer parte do nosso cotidiano.

Acreditamos todos nós, que essa é a forma de corrigirmos o percurso... Falamos em aprender a votar, em eleger cidadãos decentes para nos representar.

E isso tudo é muito bom, muito lógico e seria muito coerente se todos tomássemos consciência e também buscássemos internamente melhorar nosso comportamento, nos tornássemos mais éticos, mais respeitosos e entendêssemos que nosso direito termina no limite de onde se inicia o direito alheio.

Parecem pequenas bobagens, mas são rotina em nossa convivência diária, a bituca do cigarro, o papel de bala ou a embalagem do salgadinho jogada na rua, quando a lixeira está ali na nossa frente...

O comerciante que coloca preços quebrados, ciente de que não terá troco e com isso ficará com nossos parcos centavos e sequer nos agradece quando no final do dia a soma desses inúmeros centavos, dolosamente aumenta seu lucro e esvazia lentamente o nosso bolso sem nem nos darmos conta, porque se pudermos vamos também levar alguma vantagem indevida...

A velha e famosa "lei de Gerson" de sempre levar vantagem...

É fácil embalar um produto e colocar falsamente um peso e por ele cobrar, mesmo que esse não seja o correto, pequenas vantagens e a ética e o respeito seguem para o lixo.

Usar a vaga especial, reservada para aqueles que dela necessitam, mesmo que sejam pelos famosos "10 segundos", porque ela estava livre... Usar os assentos reservados nos trens, ônibus, metrô, médicos seja lá onde for e fazer de conta que não vê o deficiente ou o idoso em pé, sem lugar para se acomodar...

Avançar sobre a faixa de pedestre, desrespeitar sinais de trânsito, velocidade, sempre acreditando que ninguém vê ou... Com a desculpa que todos assim fazem...

Como podemos cobrar ética, respeito moralidade de nossos governantes se eles são o reflexo do que fazemos, se como cidadãos não aprenderam o respeito à coisa alheia, ao dinheiro público, como poderá agir diferente depois de eleitos, se no fundo são semelhantes á maioria que só pensa em si mesmo e nas vantagens que podem auferir?

Em tempos não tão distantes aprendíamos educação moral e cívica que se completavam com o ensinamento no lar e na escola, aprendíamos o respeito ao bem privado e ao bem público, porque esse último era pago por todos nós, então de certa forma nos pertencia, aprendíamos que o limite de nosso direito findava quando se iniciava o direito alheio e que a cada direito corresponde um dever...

Tudo simples e claro, a propriedade alheia, pequena ou grande, de qualquer coisa que seja, deve ser respeitada, para que nos respeitem também...

Princípios que nos tornam melhores como pessoas, como cidadãos, que nos fazem enxergar melhor e assim votar em pessoas honestas e éticas será natural, porque todos querem o melhor, não só para si, mas para a sociedade como um todo...

Aprendemos isso até na base religiosa... Fazer ao próximo o que desejamos que nos façam...

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias