Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sábado 31 de outubro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 31/10/2020
Pmmc Sarampo Outubro
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
PMMC COVID VERDE
Pms Coronavírus - Fase Verde

Jovens transgressores

28 JUN 2016 - 08h00

lorena burger jurada do c de cronica-frrUma das melhores fases da vida é a juventude... Quando jovens acreditamos que o mundo nos pertence e que tudo podemos fazer, além de sonhar, pois nada nos fará mal.

Tempos atrás a velocidade era uma maneira de demonstrar a rebeldia dos jovens, carros velozes, amores fugazes e correr, como se acelerando pudessem ganhar o mundo e a vida mais rapidamente.

A bebida, o cigarro e algumas drogas já existentes também faziam parte da juventude de alguns e, parte desses jovens perdeu a vida precocemente por conta dessa sensação de liberdade.

Os tempos passam e o mundo evolui, a vida se transforma, progride e infelizmente algumas coisas também evoluem, mesmo que negativamente.

A juventude continua sendo uma das melhores fases da vida por tudo que nela se vive, entretanto, alguns jovens continuam se perdendo por conta da maneira como a querem viver.

O cigarro, tão condenado nos últimos tempos, já não é mais um ícone dessas pessoas recentemente saídas da infância e da adolescência, a velocidade ainda os atiça, mas as normas de trânsito e o valor punitivo pesam também para que se reduza essa forma de demonstração, mas não a impede... A bebida então passou a ser a forma mais fácil de demonstrar a rebeldia latente existente dentro de cada um desses jovens. Reúnem-se para conversar, para dançar, para curtir, para viajar e para muitas outras atividades, mas a bebida estará ali fazendo parte de cada uma dessas atividades e, infelizmente, sempre com excesso...

Para os que possuem veículos esse é um momento perigoso, pois a responsabilidade se perde no conteúdo alcoólico e tanto podem perder a vida como podem ceifar a vida de quem cruzar os seus caminhos.

Nessa fase da vida, para alguns o álcool demora a demonstrar seus efeitos maléficos e muitos ficam somente mais alegres, mais soltos, a timidez desaparece e conseguem tomar atitudes que seriam impossíveis se estivessem sóbrios. Então bebem e exageram no consumo desse líquido, seja em forma de destilados ou de cerveja, os mais fracos sofrem com os males que causam ao próprio corpo e os que suportam mais bebem tudo que conseguem consumir... Muitos nem se alimentam nesse estado de euforia, para desespero de seus pais e, quando repousam o fazem ilimitadamente, pois o corpo cobra esse descanso e o sono chega avassalador...

Vemos que o uso do álcool está disseminado entre a maioria dos jovens, uns bebem com mais comedimento, outros o fazem em excesso e desses que extrapolam o limite desde jovens, infelizmente acabam prosseguindo pela vida o consumindo, pois, apesar de ser um vício extremamente prejudicial, tanto quanto as drogas, não é considerado ilícito e pode ser exercido em público, à luz do dia, à vista das pessoas, que apesar de o condenarem, nada poderão fazer para impedir o seu consumo...

De jovens transgressores, se tornaram adultos ébrios, que não conseguirão ser felizes, que não desenvolverão suas atividades a contento e casados e pais de filhos, estenderão essa infelicidade para a família que terá que conviver com eles, muitas vezes modificados pela vida, transformam a timidez em violência, que é descarregada sobre os entes mais próximos...

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias