Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sexta 30 de outubro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 30/10/2020
PMMC COVID VERDE
PMMC MULTI 2020
PMMC OUT ROSA
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
Pms Coronavírus - Fase Verde

O Natal que faz sentido

20 DEZ 2015 - 07h00

SUELI"Então é Natal"... É um corre-corre pelas ruas cheias (neste ano nem tão cheias assim aqui no Brasil); é gente por toda parte se atropelando em busca de presentes, de uma roupa e sapato novos; são os supermercados lotados, onde as pessoas disputam os itens da ceia. Para a maioria das pessoas o Natal tem a ver com festa, champanha, panetone, peru ou chester, presentes, luzes, Papai Noel, e dinheiro para garantir tudo isso. Para outros, Natal é sinônimo de confraternização, de reunião da família e amigos, de oportunidade para fazer as pazes e praticar boas ações. Esses são modos de comemorar o Natal, mas de sentido muito distante do Natal da Bíblia.

O Natal bíblico e cristão é a comemoração do nascimento de Jesus Cristo, nosso Salvador. Tudo o mais só tem sentido se vier como consequência disso. É fundamental anunciarmos às próximas gerações que comemoramos o Natal, louvando e agradecendo a Deus por ter enviado Jesus ao mundo para nos salvar em todos os sentidos possíveis. Natal é Deus manifestando o seu amor aos homens. O único amor que nos preenche, que não falha, que nunca muda, que é eterno. João afirma isso em seu livro - "Porque Deus amou o mundo de tal maneira, que deu o Seu Filho unigênito, para que todo aquele que Nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna". ( João 3.16 ) Deus nos ama até as últimas consequências e entregou Jesus, seu filho amado, para sofrer as nossas dores e morrer em nosso lugar. Toda vez que ansiamos por amor é pelo amor Dele que estamos ansiando.

O vazio interior de cada um de nós só pode ser preenchido com o amor de Deus. Preenchidos com esse amor, podemos compartilhar amor com outros. Assim, ajudamos uma família necessitada não só porque é Natal, mas porque queremos repartir com os outros, com o nosso próximo que, assim como nós, também é objeto do amor de Deus. Presenteamos uma criança não apenas no dia de Natal, mas também em outros dias, porque uma criança merece sempre nosso amor, atenção e carinho. Perdoamos e nos reconciliamos com aqueles que nos ofenderam não porque a data propicia essas atitudes, mas porque todo dia é dia de perdoar, de se reconciliar, pois Jesus trouxe perdão e nova vida.

Podemos celebrar o Natal sem, contudo, nos esquecermos de que a vinda de Jesus ao mundo é a razão de toda a comemoração. Se não for assim, o Natal significará apenas mais um produto de marketing do mundo capitalista. Como você tem comemorado o Natal? Como vai comemorar o Natal neste ano? Não é errado festejar, dar e receber presentes, alegrar-se e alegrar outros. Todavia, que tudo isso seja porque você sabe que Jesus é o centro de toda a festa. Ele é o maior presente que Deus deu para mim e para você!

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias