Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sábado 26 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 25/09/2020
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
PMMC COVID SAÚDE
ÚNICCO POÁ
Pmmc Sarampo

Perdendo para ganhar

28 FEV 2016 - 08h00

SUELITodo mundo reconhece uma pessoa mansa, quando a vê, porque essa é uma qualidade que quase nunca é encontrada em nossa sociedade. O mundo diz que devemos lutar, defendendo nossos direitos, mesmo que seja a unhas e dentes. Mas alguém que é manso está disposto a entregar o seu caso a Deus, que julga retamente. Ele aguarda a atuação do Senhor. Não segue os impulsos vingativos da natureza humana. O cristão deve sempre lembrar que a verdadeira justiça é Deus quem faz. Mesmo que a justiça aqui da Terra venha a falhar, a de Deus não falha nunca. Ele é o Justo Juiz que retribuirá a cada um de acordo com o que tiver feito.

Que espírito excelente tem quem é manso! Quem é manso tem disposição para renunciar. Podemos notar esse espírito de mansidão em grandes homens da Bíblia. Abraão deu a seu sobrinho Ló o direito de escolha das terras, quando ele mesmo poderia ter escolhido as campinas do Jordão. Abraão não brigou por aquilo que aparentemente representava a melhor parte. Deus o honrou de tal forma que a parte escolhida por ele foi abençoada, enquanto a escolhida por Ló foi destruída por causa da maldade excessiva de seus habitantes. (Gênesis 13:8-11) No Novo Testamento, Estevão suportou a morte por amor a Jesus, e Paulo - calúnias, prisões, fome, solidão, morte. Na prisão, por pregarem o Evangelho, Paulo e Silas não xingavam o carcereiro, não relutavam contra a sorte, mas permaneciam mansos, louvando e glorificando o nome de Jesus. Mas não há melhor exemplo que o do próprio Cristo, que deixou de lado o livre exercício de seus direitos e se dispôs a enfrentar a morte, e morte de cruz. (Filipenses 2:5-11)

Na cruz, teria sido fácil para Jesus chamar dez mil anjos para livrá-Lo daquela situação agonizante. Entretanto, Ele bebeu o cálice do sofrimento todo sozinho. O texto de I Pedro 2:22-23 diz sobre Jesus: "O qual não cometeu pecado, nem dolo algum se achou em sua boca, pois Ele, quando ultrajado, não revidava com ultraje, quando maltratado não fazia ameaças, mas entregava-se àquele que julga retamente." A promessa de Deus para os mansos é: "Eles herdarão a terra". (Mateus 5:5) Isso não parece estranho? Quem não tem nada, herdará tudo. O preço será alto em termos de orgulho, poder e possessões. Mas a Palavra de Deus promete bênçãos para esta vida e a vindoura. Felizes os mansos!

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias