Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sexta 04 de dezembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 04/12/2020
Sec de Governo - Educação Kit de Atividades - Dezembro
Sec de Governo - Educação Kit de Atividades 02 - Dezembro

Suzano comemora o Aniversário com uma nova Estação

01 ABR 2016 - 21h51

carmineNunca houve tanta expectativa entre os suzanenses, como a da inauguração da nova Estação. Muita gente estava cansada de esperar pelos repetidos adiamentos e pelos muitos anos que se passaram. No segundo dia, após a inauguração, acontecida no dia 11 de fevereiro, entrei na nova Estação de Suzano para pegar o trem. Me misturei, ao ritmo febril, de gente embarcando e desembarcando. É meu costume ir para São Paulo de trem, viajando com o povo, empurrado e empurrando, para conseguir um assento e viajar de forma um pouco mais confortável. São tantos, os trabalhadores que pegam o trem, que não há outro jeito, senão o de viajar bem apertados e de pé, sobretudo nas primeiras horas do dia ou no início da tarde.

Não há sossego, na vida dos que não conseguem um trabalho na própria cidade e são obrigados a ir para outros lugares. Acordam em plena noite, pulando da cama bem cedinho, pegam ônibus e trem de madrugada e gastam duas ou três horas para chegar ao local de trabalho. Lutam para levar para casa o salário honesto, que poderia ser melhor, se houvesse melhor distribuição de renda e menos corrupção.

A estação nova, não vai mudar a história destas pessoas. São homens e mulheres, jovens trabalhadores e trabalhadoras, que lutam pelo pão e por um melhor sistema de vida que enfrenta um certo caos sobretudo no transporte e na saúde. Há quem se une ao povão e vai para São Paulo em busca de um serviço cobiçado e muitas vezes negado. Há muita coisa ainda para se fazer em Suzano em prol dos cidadãos, da cidade e da estação que por sinal ainda não está completa. A cidade comemora um avanço esperado pela população que sonha alto, vislumbrando uma Suzano nova e moderna.

Várias vezes, durante a semana, me deparo com os usuários que pegam o trem para ir ao trabalho. Encontro rostos de gente sofrida, porém, decidida a enfrentar o dia com fé e garra. Vejo mães escutando as palavrinhas de suas crianças que suspiram, suplicam e clamam e vejo tantos celulares nas mãos dos passageiros, que há vinte anos, viajando no trem, eu temia mostrar o meu Motorola, porque ninguém tinha, apenas viam-se bolsas e mochilas. A Estação de Suzano, divide a cidade em duas partes. Muita gente, desembarca em direção ao Centro e outra no sentido contrário. Mas há tumulto na saída dos dois lados, pelo fato de as calçadas terem pouco espaço, para conter a quantidade de pessoas, que se precipitam para pegar o ônibus que as levará aos seus bairros.

O povo, está à espera de outras obras, que pela conjuntura atual, dificilmente serão realizadas. A sociedade inteira vive tensa, pela imagem negativa da política atual.

Novos candidatos, estão se preparando para disputar nas próximas eleições o mais alto cargo nas prefeituras.

Sabemos que em Suzano, Dona Viviane pela segunda vez, assumiu a Prefeitura por 15 dias e muito se propôs a fazer. Mas, neste breve espaço de tempo, em que ela esteve à frente do governo municipal, as políticas públicas, os recursos, os projetos não puderam avançar muito. Porém, o espírito de Dona Viviane, como também, dos que serão candidatos a ocuparem cargos no Executivo e no Legislativo é o de quem quer fazer a diferença. Não se trata de negar o voto a esta Administração, mas de discernir nas próximas eleições, quem são os políticos e os candidatos que merecem nossa consideração, nosso voto e confiança.

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias