Envie seu vídeo(11) 4745-6900
terça 28 de junho de 2022

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 28/06/2022
COLUNA

Lorena Burger

Advogada

Lorena Burger de Freitas Alves dos Santos é advogada

Dia complicado

24 MAI 2022 - 05h00

Tem dias que você acorda e pensa que tem uma porção de coisas para fazer, mas, já está tudo esquematizado e dará certo.
Entretanto, a pessoa que ajuda nos trabalhos de casa resolve ir acertar a própria vida e deixa você na mão.... Então primeiro tem que encaixar aqueles afazeres que não estavam na sua programação, para poder dar continuidade ao restante.
Quando consegue dar cabo desses afazeres, mesmo na correria, toma um café rapidamente e vai para sua programação original, mas aí é o computador que resolve não colaborar. 
Afinal já é antigo e apesar do uso contínuo é um excelente companheiro de trabalho, não costuma deixar na mão quando é chamado à ativa.
Hoje, entretanto, parece que resolveu fazer parte dos tropeços que se deve enfrentar.... Não quer ligar de maneira nenhuma.... Verificando as possibilidades sou alertada que está com problemas no teclado.... Ah! É só comprar outro e tudo bem...
Ô dia! Não foi assim como eu esperava, o teclado novo não resolveu o problema, a máquina continua chorando e barulhenta não atende meus reclamos...
Parece que hoje eu deveria ter ido passear, manter a mente livre de complicações e esquecer os compromissos, sejam eles de qualquer categoria.
Ocorre que tenho TOC... (risos) ... E isso é difícil resolver assim, tudo tem que sair de maneira perfeita e dentro dos parâmetros, senão, a mente parece que vai entrar em colapso.
Mesmo buscando ajuda profissional não consigo dar cabo da tarefa de fazer o computador velho companheiro de trabalho entrar em atividade.
Busco alternativa e cá estou contando meu dia cheio de contratempos, até trânsito congestionado tive que enfrentar para tentar resolver a situação...
Viaduto completamente parado na minha cidade, o que significa que ninguém consegue transitar de um lado para outro da cidade e com isso as ruas ficam lotadas de veículos com seus condutores estressados, que imaginam os problemas que irão enfrentar no trabalho e até mesmo no restante do percurso, que por conta do avanço da hora terá muito mais gente circulando, muitos outros veículos nas ruas e o trabalho se acumulando sobre a mesa, além, é lógico dos olhares de reprovação que irá enfrentar dos colegas e da chefia, que não vai dar muito crédito à sua história que vai parecer desconexa...
Ainda tenho que cumprir alguns horários nos meus afazeres, assim como tantas outras pessoas, então o estresse vai tomando conta, as ideias parecem não fluir com facilidade... O relógio a minha frente vai se assemelhando a um monstro querendo me engolir.... Seus números saltam do mostrador querendo que eu observe com atenção que a hora está passando e o tempo vai ficando mais escasso a cada minuto vencido...
Inútil discutir com o tempo, o que resta é acelerar e tentar dar cabo de todas as tarefas que ainda estão por fazer sem perder a noção do tempo e da responsabilidade com os afazeres.
Diazinho complicado esse, certamente mantendo a calma e a mente lúcida tudo há de dar certo, apesar de todos os contratempos que aconteceram e que nem mesmo em sonho imaginei enfrentar num início de semana que parecia tão alvissareiro...

 

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias