Envie seu vídeo(11) 4745-6900
quinta 26 de maio de 2022

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 26/05/2022
COLUNA

Lorena Burger

Advogada

Lorena Burger de Freitas Alves dos Santos é advogada

Tristes aniversários

30 NOV 2021 - 05h00

Doces lembranças voltam à memória em nossas vidas e em certas épocas com muito mais intensidade e, nos fazem reviver momentos de alegria, de amor, de entendimento e sentimos falta dos carinhos que recebíamos, da vida que tínhamos, por mais simples e dificultosa que fosse.
Hoje é dia de triste comemoração, já faz quarenta e três anos que você partiu, vivi com você muito pouco tempo, apesar do intenso aprendizado, das maravilhosas lembranças dos seus ensinamentos por meio de exemplos que jamais puderam ser esquecidos... Lembro saudosa do seu abraço reconfortante quando me sentia vencida pelas dificuldades, de suas palavras que mostravam que a vida podia ser vista por diversos ângulos e que só dependia de nós buscarmos o melhor ponto de observação e dali seguirmos a caminhada com mais vontade e destemor. Nada deveria ser um empecilho no nosso desenvolvimento, para tudo tinha uma solução viável, uma palavra amiga de fortalecimento, de fé, instruindo sempre e exemplificando de maneira esclarecedora, que não permitia dúvidas e retrocessos.
Foi assim que seguindo seus exemplos fui atingindo minhas metas, fazendo dos seus sonhos uma realidade que vivencio com alegria, pois, seus sonhos me faziam sonhar também e imaginar que por mais difícil que fosse a situação que enfrentávamos ela seria sempre passageira e que boas oportunidades estavam logo ali a nossa espera, bastava que não perdêssemos a fé e não esmorecêssemos perante as dificuldades normais que a vida sempre nos impõe.
Seguir seus conselhos e os ir adaptando aos novos tempos que passei a viver sem sua companhia, que nos foi subjugada tão cedo por conta da violência que infelizmente ainda existe e que é difícil ser controlada, me fez sempre buscar caminhos às vezes estreitos, mas corretos, com pedras que ia transpondo com olhos atentos, sem me preocupar com as facilidades que sempre nos é oferecida em lindas bandejas cravejadas de falsos brilhantes. Como você já dizia, a porta que nos permite manter a dignidade é sempre estreita e aparentemente mal iluminada, enquanto a porta que nos desviará dos bons conselhos sempre se mostrará muito mais iluminada e festiva, com aparentes boas oportunidades e sempre cheia de facilidades que de tudo fazem para nos conquistar...
Seus ensinamentos ficaram gravados em minha memória e em meu coração e, quando pareço esmorecer sempre me pergunto se ficaria feliz com minha atitude, se aprovaria e lá no íntimo obtenho rapidamente a resposta e assim não me permito desvios e sigo com felicidade intima incontestável. Felicidade que me garante que um dia haverá o reencontro e que não precisarei desviar do seu abraço saudoso e tão ansiosamente esperado, por não ter a consciência pesada por erros que nela possam habitar e poder aceitar seu abraço aconchegante, ouvir suas palavras de incentivo e amor na nova jornada que um dia estarei trilhando do outro lado da vida, aquela que aguarda a todos, ciente de que estará ali para me conduzir com passos seguros e mãos fortes. A vida nesta terra por vezes é amarga pelas perdas que sofremos, mas a expectativa do reencontro nos faz vibrar positivamente e enche de esperança o coração, esse seu ensinamento gravado na minha memória é o que me fez prosseguir, ouvindo as palavras de mamãe de perdão e entendimento para quem tanto mal nos causou, e hoje papai, tantos anos passados, sinto que o caminhar vai se aproximando do grande e ansiado reencontro...
Por enquanto saudade é o que se faz presente...

 

Umc

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias