Envie seu vídeo(11) 4745-6900
segunda 06 de dezembro de 2021

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 05/12/2021
COLUNA

Padre Carmine

E-mail para contato: pecarmine@yahoo.com.br

As Olimpíadas de várias cores

30 JUL 2021 - 05h00

Ao assistir às competições olímpicas e sobretudo quando as seleções ou os atletas do Brasil entram em campo, o povo vibra.
Os torcedores unem-se no pique da mais pura emoção quando acontece a conquista de uma medalha, sobretudo se for de prata como aquela da Rebeca e de prata conquistada pela Rayssa.
As cores verde-amarela corroboram o sentimento de amor, nem tanto pelo país, mas sobretudo pelos ídolos que compõem os times das várias modalidades atléticas e esportivas. 
Realmente os torcedores, cobram muito de seus ídolos que lutam como grandes guerreiros. 
Porém, o povo precisa aplaudir não apenas em vista de um eficaz e frutuoso objetivo esportivo, atlético e olímpico, mas também quando houver eficazes conquistas sociais na área da saúde, da educação, do emprego, da segurança e da luta contra a pandemia.
Se os atletas e as equipes do Brasil ganharem os jogos, o povo sentir-se-á vencedor e unindo-se à eles se apropriará das vitórias obtidas e as celebrará com um ímpeto esportivo brilhante e apaixonante nas ruas, casas ou clube, como aconteceu com a Rayssa que em cima de um carro de bombeiros foi saudada pelo povo que a esperava passar nas ruas da cidade.
As vitórias olímpicas , levam o povo a exaltar a grandeza do Brasil. 
No entanto, os feitos vencedores não refletem a realidade triste e sofrida do país.
O anseio pelas vitórias e conquistas de medalhas é grande e as cores do Brasil ficarão mais evidentes e brilharão. 
Da mesma forma os brasileiros deveriam ver brilhar a conduta honesta e correta e reprovar os políticos corruptos e sem honestidade, aqueles que aprontam golpes contra o país, afogando a vida e o bem-estar do povo. O Brasil precisa de políticos bons que marquem belas vitórias contra a exploração, a corrupção e a impunidade, contra o descaso na saúde, segurança e educação.
Que os torcedores e todos os brasileiros tenham seus direitos respeitados. Que os atletas e equipes esportivas participem também dos esforços para construir um país melhor, torcendo a favor da vida e da cidadania.
Acima de tudo precisa lutar pela justiça esportiva e social, pois, se falta uma a outra desfalece.
Triste e decepcionante pelo pais e pelos brasileiros seria a desclassificação do Brasil na luta contra a pandemia, o desemprego e contra a violência na rua, sobretudo quando armas de fogo matam pessoas inocentes.
Diante de uma competição ou exibição artística, o sentimento do povo, dos técnicos é de reza e de esperança pela vitória Diante delas a torcida suspira, suplica e clama para que o time ganhe uma das medalhas. 
Os torcedores gemem na derrota e alegram-se na vitória. 
Aguardemos para ver quantas medalhas o Brasil conquistará.

 

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias