Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quarta 01 de abril de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 31/03/2020
SECRETARIA DE ESTADO DA SAUDE -  CORONAVIRUS
CENTRO ONCOLÓGICO
COLUNA

Lorena Burger

Advogada

Aniversário da cidade

04 ABR 2018 - 01h00
A cidade comemora mais um ano de vida, entretanto, ela não perde o viço, cria rugas ou perde a vitalidade... Pelo contrário, o passar dos anos a revitaliza, melhora, o progresso vai se fazendo sentir, mesmo que os mais velhos sintam saudades dos tempos das ruas mais estreitas, das conversas sem medo pelas esquinas, dos desfiles com fanfarra, dos armazéns onde tudo era possível comprar só levando a caderneta...
Assim é Suzano, sentimos falta daquele conforto de sair às ruas e conhecer e ser reconhecido pelas pessoas que eram vizinhos, amigos, conhecidos ou parentes.
Entretanto, temos que reconhecer que para sua pouca idade, afinal nessa contagem de tempo a cidade é ainda uma criança, ela evoluiu bastante, das ruas de terra onde os veículo eram tracionados por animais, da ferrovia onde circulavam trens que eram movidos pelo vapor e que suas máquinas expeliam fumaça e faíscas, vemos hoje as ruas asfaltadas congestionadas de veículos modernos, as calçadas cheias de pessoas umas mais carrancudas, outras alegres e sorridentes, algumas alheias ao que ocorre por estarem completamente "plugadas" em seus celulares ouvindo música ou conversando com amigos, raramente encontramos um conhecido caminhando como nós pelas calçadas ou nos comércios da cidade.
As vagas para estacionamento outrora sempre livres, hoje se encontram sempre ocupadas por veículo de todas as cores e marcas...
As vitrines apresentam as novidades da moda, da estação e as compras para casa hoje são feitas não mais nos armazéns com uso de caderneta, mas lá num dos muitos supermercados imensos, com inúmeras prateleiras, que nos permitem caminhar por entre elas, escolhendo o que precisamos e até mesmo conhecendo novidades para atiçar o paladar e a caderneta moderna é o cartão de crédito, nosso dinheiro plástico de cada dia, que por vezes nos permite extrapolar nos gastos e nos faz sentir remorso quando a fatura chega.
Sim ela está um tanto quanto abandonada, afinal hoje não votamos mais em pessoas que fazem parte de nosso circulo de amizade, que conhecemos e que depois de eleitos podemos cobrar quando cruzamos na esquina, quando visitamos em suas casas ou até mesmo lá no bar da esquina enquanto o papo rolava solto. Votamos em políticos que por vezes só conhecemos de nome ou pela profissão e aí contamos com a sorte torcendo para que eleitos se dediquem com atenção, carinho e honestidade para com a nossa querida cidade, o que nem sempre tem acontecido nos últimos tempos...
E aí o resultado é vermos que apesar do progresso ter chegado, convivemos com ruas esburacadas, mal iluminadas, calçadas que dificultam o caminhar dos pedestres, parques abandonados, semáforos que não funcionam e a insegurança que nos faz temer até mesmo quem caminha a nosso lado...
Mesmo assim não deixamos de amar nossa cidade, que hoje não tem mais nada de pequenina... É grandiosa, com indústrias nacionais e internacionais, forte na exportação, comércio que se equipara a grandes cidades, possui escolas e faculdades que formam excelentes profissionais e é pujante de vida...
Só esperamos que nossos governantes olhem para nossa Suzano com o mesmo carinho que temos por ela e cuidem dela com atenção e ética...
HIPERCAP
SANTA CASA DE MOGI
EPAMINONDAS ADVOGADOS

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias