Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quinta 12 de dezembro de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 11/12/2019
CENTRO ONCOLÓGICO
CENTERPLEX 12/12 A 18/12
COLEGIO CETES 15/10 A 15/01/20
Comercial Esperança
Evatânia Psicopedagoga
COLUNA

Suami Paula de Azevedo

É escritor, responsável pela Mirambava Editora, palestrante e professor universitário. E-mail: suamiazevedo@uol.com.br

Educação! Ai, que Coisa!

12 ABR 2019 - 23h59
Verdade, uma das minhas paixões é a Educação, já por 45 anos. Fiz teses acadêmicas e também muitos estudos e aplicações. E me espanto ainda vendo coisas que se espalham pelas redes sociais, pela imprensa, sobre Educação. Não assumo aqui postura de escrevente de autoajuda. Não é meu jeito. Não vou puxar a orelha de ninguém. Prefiro mostrar que somos todos simples mortais e que podemos sofrer com o que nem nos preparamos.
No Brasil três pontos são críticos: a Segurança, a Saúde e a Educação. Todos os três desfigurados nos últimos anos. A falta de Segurança demonstra de modo patente que resulta da falta de base educacional. A falta de Saúde é afetada também pela falta da sustentação educacional, se não podemos ir a médico nos automedicamos. E sabemos plenamente que todos os países que se desenvolveram investiram fortemente na Educação. Coisa que muitos políticos já demonstraram que não tem interesse em investir. E sem Recursos e boa Gestão Educacional nada resulta de positivo.
Não temos Políticas Educacionais consistentes. As vezes atacamos uns problemas que se exibem. Sabemos que as escolas brasileiras estão muito despreparadas, para tudo, mesmo ensinar. Como sabemos que ainda muita gente luta por algum bom resultado. E as escolas paulistas nunca chegaram tanto ao rés do chão como agora. Estou aposentado, sei que não posso mais cobrar hoje de ninguém os ótimos resultados alcançados com minha Equipe. Os professores sofrem de “Burnout”, algo como um extremo desgaste pessoal, além da depressão. Coisas que presenciei já há muito tempo. O ofício de Magistério é absorvente e será autodestrutivo se as pessoas não se prepararem qualitativamente bem. E quem os prepara? Recebem salários que não lhes permitem alt ernativas, nem teatro, nem música, nem mesmo leitura. Não são respeitados pela sociedade. Qual professor não ouviu “meu filho não mente”? 
Um Professor tem de administrar uma sala de aula com gente de várias condições e demandas por um tempo determinado. Se um professor não é o Líder da Classe, ela será dominada pelo pior aluno, com certeza. 
De mesmo modo, se um Diretor de Escola não busca ser um Líder, formando uma Equipe, ele só poderá ser Chefe sobre Subordinados, dificilmente chegando a algum sucesso. E todos tem de lutar por melhor Formação, Inicial, Continuada, Permanente. E, claro, uma Equipe estuda e trabalha com seus membros sempre juntos, visando o mesmo Objetivo, os Profissionais e os Alunos.
Segurança na escola é uma problema? Fora e dentro dos muros o crime é uma tentação. Mas uma escola mantém um grupo de pessoas, diversas. Isso implica, sempre, em confrontos. E deve ser administrado, e sempre pode. Se todos forem orientados para o mesmo propósito positivo isso poderá ser alcançado com paz. Os divergentes não podem ser esquecidos ou secundarizados. 
Evidentemente, tudo isso implica na permanência de um Pessoal preparado, direcionado para se tornar Equipe, com as mesmas finalidades agregadoras e identificáveis como positivas. 
Temos de repensar Educação. Juntos! 
BANNER APS DESKTOP
EPAMINONDAS ADVOGADOS
PMMC NATAL SORRISOS 2019

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias