Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sábado 07 de dezembro de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 06/12/2019
CENTERPLEX 05/12 A 11/12
COLÉGIO PLENITUDE
Evatânia Psicopedagoga
COLEGIO CETES 15/10 A 15/01/20
CENTRO ONCOLÓGICO
COLUNA

Padre Carmine

E-mail para contato: pecarmine@yahoo.com.br

Finados, o que pensar do além?

31 OUT 2019 - 23h59
Alguns dizem: "Talvez haja qualquer coisa, veremos quando estivermos lá. Por que me inquietar agora?"
Outros passam a vida inteira se preparando para esse encontro do além e para a eternidade, pois, grande é sua importância.
Os materialistas dizem que tudo acaba com a morte e fundamentam essa convicção na ciência que rejeita qualquer outra fonte de saber e de crer.
Para eles, fora da ciência é tudo imaginação.
Dizer que após a morte não existe nenhuma referência a algo de novo e que tudo acaba com a morte é um absurdo. É jogar a própria existência apenas numa fossa, sem aguardar um depois, um novo destino ou o prolongamento da vida do espírito ou da alma que vai mais longe, que é eterna e duradoura.
Ao contrário, as grandes tradições religiosas falam do além como início de uma nova vida do ser humano que por ser único e irreplicável, pois não admitem réplicas ou reencarnações, alcança um novo estado de vida.
Os judeus, os muçulmanos e os cristãos acreditam que depois desta vida há uma vida eterna de felicidade com Deus. Os cristãos, em particular, dizem que no além, Deus restituirá às criaturas uma nova corporeidade e uma humanidade dotada de inteligência, conhecimento e responsabilidade.
No além reconheceremos o bem e o mal que fizemos em prol ou contra a família, a sociedade e a religião. Se aqui na terra parece viável fazer o bem e o mal, no além tudo se norteará em torno do bem, do amor e da perfeição.
Se aqui na terra tudo se norteia, do ponto de vista natural e material, em torno dos ciclos biológicos, passando da semente ao fruto, da infância à adolescência, da juventude à velhice, vivendo com altos e baixos, com razão ou de maneira irracional, no além descobriremos o verdadeiro sentido da vida, da juventude, da humanidade e corporeidade.
De qualquer forma aqui na terra experimentamos muitas derrotas, entre elas a morte ou nos alegramos com vitórias passageiras e frágeis. No além não passaremos mais por tudo isso porque fomos criados para alcançar, pela ação divina, um destino mais bem sucedido, tornando-nos vencedores.
Fomos criados para sermos felizes. Com a morte desaparece a materialidade do corpo, mas brilhará a imortalidade da nossa humanidade e nos tornaremos semelhantes ao Cristo Ressuscitado.
A vida eterna está completamente fora da química, da astronomia, da física ou das pesquisas cientificas e por isso muita gente não consegue aceitar a ideia de que há uma vida eterna e vive como fosse apenas matéria, sem vínculo com a existência da alma, que nos torna seres humanos criados à semelhança de Deus, eterno e imortal.
Continuemos a amar os que estão aqui na terra e unimo-nos aos que já alcançaram a vitória sobre a morte, pois o ser humano não será aniquilado pela morte, mas contemplará novo céu e nova terra.
EPAMINONDAS ADVOGADOS
BANNER APS DESKTOP
PMMC NATAL SORRISOS 2019

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias