Envie seu vídeo(11) 97569-1373
terça 10 de dezembro de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 09/12/2019
COLEGIO CETES 15/10 A 15/01/20
COLÉGIO PLENITUDE
Comercial Esperança
CENTERPLEX 05/12 A 11/12
CENTRO ONCOLÓGICO
COLUNA

Padre Carmine

E-mail para contato: pecarmine@yahoo.com.br

Greta Thunberg, uma voz em defesa do Planeta Terra

26 SET 2019 - 23h59
Jornais, revistas e redes televisivas noticiaram o discurso de Greta, uma moça de 16 anos, na sede das Nações Unidas em defesa do Planeta Terra. Greta chamou a atenção dos representantes e delegados de 65 países presentes, juntamente a alguns chefes de Estados, sobre o dever de fazer mais esforços para restituir ao Planeta Terra uma justiça negada até hoje, por não ter custodiado e preservado o meio ambiente.
Greta iniciou nas ruas a luta em defesa do Planeta, acompanhada e sustentada por tantos outros adolescentes e jovens que apoiam a mesma causa, ao ver que a Terra está sendo devastada pelo homem e pelas mudanças climáticas.
A mobilização, em vários países, de pessoas, ambientalistas, movimentos e associações causou grande repercussão no mundo inteiro.
Como líder, Greta mostrou determinação, força de espírito e força própria para levar às ruas milhares de jovens e adultos que encabeçaram a mesma luta, para tornar mais saudável a vida na Terra. Tragédias graves afetam a natureza, o meio ambiente e o planeta Terra.
Greta, uma moça franzina, alta e magra pronunciou o seu discurso na ONU, com voz sutil, firme e estrídula. Ela abriu um novo caminho, se tornando em pouco tempo uma líder “global” a ponto de ser indicada como candidata ao Prêmio Nobel da Paz.
No entanto o caminho que ela está percorrendo não é fácil. Notoriedade ela tem por ter lançado os seus apelos na ONU, no Congresso dos Estados Unidos e na Assembléia Nacional francesa.
Essa notoriedade lhe rendeu muitos ataques por parte dos que querem eliminar a sua voz que incomoda e questiona o enriquecimento ilícito às custas da Mãe Terra que vê seus ciclos climáticos perderem suas características naturais.
Nem por isso os apelos de Greta perderam intensidade, ao contrário, crescem e envolvem a juventude e os alunos que sempre mais numerosos se unem à sua luta.
Parece que toda essa nova geração acordou e acredita no ideal de Greta: salvar o Planeta Terra.
Greta não possui a força que vem do poder político ou diplomático, mas se sente forte porque acredita na ordem natural, no equilíbrio no desenvolvimento sustentável, e sobretudo nos benefícios que a natureza oferece a todas as criaturas.
Muitos acusam Greta de ser instrumentalizada, de se deixar levar pela imaginação e fantasia, de ser uma moça exaltada, que deixou a escola para enfrentar um embate de cunho mundial.
O mundo, os grandes da Terra e mesmo o presidente dos Estados Unidos, acompanharam na sede da ONU o discurso de Greta.
A sua luta não é obra de exibicionismo, mas pela forma limpa, singela e convincente, mostrou ao mundo surpreendido que é possível salvar o Planeta Terra.
A causa por ela encabeçada vem assumindo dimensões inimagináveis.
Veremos onde pode chegar a força de uma moça de 16 anos chamada Greta Thunberg, que sacudiu uma geração inteira de estudantes na Suécia e em muitos outros países, inclusive o Brasil, que em março deste ano viu milhares de estudantes protestarem contra o aquecimento global numa greve escolar, exigindo medidas concretas dos políticos.
EPAMINONDAS ADVOGADOS
BANNER APS DESKTOP
PMMC NATAL SORRISOS 2019

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias