Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sexta 23 de agosto de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 22/08/2019
CENTERPLEX 22/08 A 28/08
PMMC - TRATA BRASIL
COLUNA

Padre Carmine

E-mail para contato: pecarmine@yahoo.com.br

Homenagem aos namorados

13 JUN 2019 - 23h59
Dedico esta homenagem a todos os namorados que procuram viver um amor duradouro. Crescer ou caminhar em direção a um futuro pode se tornar um ponto de referência para o encontro de duas pessoas.
Não existe homem ou mulher que não busque realizar um projeto, um sonho ou alcançar novos objetivos.
As vezes se luta sozinho, mas quase sempre juntos. Mesmo no meio de tantas atividades e envolvimento na realização de tantos sonhos (individuais, profissionais, familiares), os jovens, os esposos e as esposas querem se encontrar, namorar, apaixonar-se e continuar apaixonados.
No começo de tudo, a estrada da vida que os jovens iniciam a percorrer é a ocasião justa e propícia para que o coração se abra diante do encanto de novos horizontes, de novos caminhos, carregados de luzes mas também de sombras.
Quando os filhos se sentem prontos para um pequeno afastamento do amor familiar e do apego aos pais e começam a viver o amor cheio de paixão para alguém que não é da família, um amor inédito, desejando amar e ser amados, é sinal do início do namoro, do ficar, do paquerar, do apaixonar-se.
A paixão e o amor, dos jovens e dos esposos, são dois sentimentos repletos de energias grandiosas, que evoluem lentamente para o amor pleno e verdadeiro. Os que se amam,
namoram sempre. O namoro dos jovens e dos esposos é assunto do dia a dia. Por outro lado, porém, muitos pais agem como se os filhos não fossem crescer nunca. É comum encontrar jovens sem nenhuma orientação para lidar com o parceiro ou a parceira. Há aqueles que dizem saber como namorar, sabem " tudo " sobre o uso da pílula, camisinha e tudo mais, que iniciaram uma vida sexual ativa, ás vezes até muito cedo. Acho que o conhecer-se primeiro e conhecer durante um bom espaço de tempo o parceiro, é necessário, bom e saudável. Amadurecer, para depois escolher, é fundamental.
O que não deve ocorrer é isto, ser usado(a) em vez de fazer experiência de proximidade, de mútua ajuda, de diálogo, de solidariedade e de decisões tomadas de comum acordo. Cabe à família saber diferenciar e ensinar o que é imutável, o que é o projeto duradouro de caminhar juntos e o que é a moda de pensar que as pessoas são facilmente substituíveis e descartáveis.
Namorar, é aprender também a importância de um olhar, pegar a mão, esperar, sentir saudades e que valores como gostar sempre do outro, respeitá-lo, dar-lhe alegria, são eternos. Porque o bem e o equilíbrio da pessoa dependem também dos gestos do dia a dia. Gestos que fazem o amor crescer, que fazem com que os sentimentos de um e do outro andem juntos, gestos carregados de verdadeiro amor.
Amizade, gratidão, respeito, compreensão e outras coisas são necessárias para um bom namoro. Os namorados têm que lutar por uma causa maior do que ficar no namoro mesmo ou apenas tirar uma satisfação prazerosa do outro.
É pensar no outro e amar o outro com toda a força, com a força do Espirito Santo. 
ALLIANCE
ALLIANCE
PMMC - TRATA BRASIL
Espaço da Gula2

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias