Envie seu vídeo(11) 97569-1373
segunda 23 de setembro de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 21/09/2019
PMMC ENTREGAS
Centerplex 19 a 25/09
COLUNA

Lorena Burger

Advogada

Perigos bem próximos

25 FEV 2019 - 23h59
Há algum tempo deixei de me dirigir para a capital fazendo uso da rodovia Airton Senna, por conta do trânsito tanto na rodovia quanto nas marginais,
Quando preciso ir à capital tenho feito uso dos trens e metrô, que sempre me garantem chegar no horário para os compromissos e até para o lazer, com mais tranquilidade e conforto, afinal se me demorar por lá volto de rodoviário onde, apesar de muitas vezes enfrentar o trânsito caótico, não estou dirigindo e pouco tenho para me preocupar.
Ouço com frequência sobre os assaltos que acontecem nas marginais e em algumas rodovias próximas, onde bandidos jogam pregos e outros materiais que obrigam os motoristas diminuírem a marcha de seus veículos ou até mesmo pararem, por conta de pneus furados ou de acidentes.
Entretanto, somente ouvia falar e sempre me acautelei quando precisava voltar mais tarde, além de raramente estar desacompanhada quando tenho que sair da nossa região.
Nos últimos tempos, quando viajo faço uso do rodoanel, que mesmo nos deixando longe quando retornamos problema que esperamos em breve ver solucionado, tem entrada próxima de nossas cidades e facilita bastante por nos tirar do trânsito pesado da capital, que consome horas de nosso tempo.
Sempre fiz esses percursos durante o dia e, sempre me acautelo com as saídas, pois, qualquer distração muda completamente nosso destino.
Recentemente retornando de um compromisso no interior, que acabou avançando no horário e, para complicar ainda teve chuva intensa, que acabou atrasando ainda mais a volta para casa, me vi transitando à noite pelo Rodoanel e, apesar do trafego intendo de caminhões em boa parte do percurso, estava tranquilo e aparentemente seguro o retorno.
Vinha conversando, observando o número de caminhões carregados com containers, que parecem tão imensos quando transportados e tão pequenos quando nos navios, onde se assemelham a pequenas caixas de sapatos amontoadas ordenadamente.
Imaginando quantos produtos entram e saem de nosso país, aumentando ou diminuindo nossas divisas financeiras e torcendo para que os governantes se preocupem com a ampliação e reestruturação da malha ferroviária, pois, dessa forma, certamente o trânsito em nossas estradas será amenizado.
O veículo que segue à minha frente desvia de algo que está na pista e como sigo logo atrás dele, me antecipo freando.
Ao passar vi que se tratava de uma viga de cimento, que nos obrigava a desviar, mas, além dela e de outras espalhadas pelas outras pistas, outros objetos também ali se encontravam espalhados, causando tumulto e dificultando o trafego isso entre os quilômetros 59 e 61 do Rodoanel.
Consegui desviar, assim como o veículo que seguia à minha frente, entretanto, muitos outros não conseguiram e ao longo da rodovia pudemos acompanhar um grande número de veículos parados com pneus furados ou rodas aparentemente quebradas.
Assim que nos foi possível comunicamos à Polícia Rodoviária, que nos informou que naquele local acontecem com frequência assaltos e todos os motoristas devem ter cautela ao passar por ali.
BANNER APS DESKTOP
PMMC ENTREGAS

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias