Envie seu vídeo(11) 97569-1373
segunda 15 de julho de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 13/07/2019
PMMC INVERNO
CENTERPLEX HOMEM ARANHA 11 A 17/07/2019
PMMC AGASALHO
COLUNA

Padre Carmine

E-mail para contato: pecarmine@yahoo.com.br

Suzano, uma cidade consternada pela tragédia na E.E. Raul Brasil

14 MAR 2019 - 23h59
No dia 13 de março Suzano parou de vez, acompanhando a trágica barbárie acontecida na Escola Estadual Raul Brasil.
A Imprensa nacional e internacional espalhou a terrível ação criminosa praticada por dois jovens, um menor de idade e o outro com 25 anos de idade. Os dois embarcaram numa aventura espantosa, matando adolescentes que se congregavam no lugar que para alguns é um pesadelo, porém necessário, para no mínimo se alfabetizar. Para outros a Escola adquire um valor que se sobrepõe a tantas outras exigências apenas materiais, porque eleva o nível cultural, científico e humano. A Escola perde, como ambiente educacional e formativo, somente do ambiente familiar, se este corresponder de verdade ao sonho dos filhos.
13 de março! Uma bela manhã de verão. Eu estava entrando no Hospital Santa Maria para celebrar a Missa quando me deparei com alunos correndo nas calçadas.
Pensei: alguma briga? Um incêndio? Alguém morreu? Estranhei o estado ofegante dos alunos, agitados, chorando e gritando. Vi feridos sangrando, sendo levados com urgência ao hospital. Preparei o altar para celebrar a Missa na Capelinha do Hospital: “Padre, reze pelos alunos assassinados na Escola Raul Brasil” fez sinal uma pessoa para mim. As notícias chegavam lentamente. Terminada a Missa fui para a rua. Fiquei sabendo que houve a matança de vários alunos, A polícia estava no meio de cadáveres caídos no chão banhados de sangue.
Eram corações ainda novos, uma seara, uma messe de jovens vidas, prontas para produzir frutos e alegrar-se pela colheita feita de pequenas conquistas.
Quem fez isso? Quem matou alunos e funcionários? Quem agiu com tanto sadismo?
Porque chegaram a tanta crueldade?.
O que os motivou a empunhar as armas e praticar esta sangrenta carnificina?
O deslize psicológico foi uma das causas. As cenas aterrorizantes vistas nos cinemas ou no vídeo game, praticadas por vingadores, carregando armas que causam explosão e morte. Bulling escolar sofrido pelo adolescente de 17 anos que tinha abandonado a escola, são outras possíveis causas.
Os dois jovens tinham realizado sessões secretas para planejar sua vingança, matando e se matando como heróis por uma causa por eles reconhecida como expressão de protagonismo cruel, mas que iria atrair a atenção da Nação e de tantos outros países.
A primeira vítima foi o sr. Jorge, dono de uma loja de carros, tio de um dos assassinos.
E para provar o que eles eram capazes de fazer com as armas preparadas para causar um grande derramamento de sangue, escolheram o lugar, livre de vigilância armada e cheio de criaturas de grande fragilidade, indefesas e inofensivas.
Seja qual for a sorte deles no além, o fato é que deixaram uma cidade em luto e uma humanidade mais ferida e dilacerada pelo ódio de pessoas obcecados por um protagonismo cruel e espantoso. Não queremos que a nossa juventude caia num assombroso futuro, mas caminhe para novas e belas conquistas.
PMMC AGASALHO
Espaço da Gula2
BANNER APS DESKTOP
PMMC INVERNO

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias