Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sexta 15 de novembro de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 14/11/2019
PMMC SEGURANÇA
PMMC MIGO
Pmmc Refis 2019
CENTRO ONCOLÓGICO
COLÉGIO PLENITUDE
COLUNA

Padre Carmine

E-mail para contato: pecarmine@yahoo.com.br

Wanderley Braghiroli e Leonor Romanato celebram as Bodas de Ouro

02 MAI 2019 - 23h59
Ele, filho de João, fundador da Empresa Emibra Industria e Comércio de Embalagens, ela filha de Armando Romanato, o irmão de Luiz, empresário que atuou com a sua esposa Judite e seus filhos, na área de Tinturaria e Estamparia de tecidos.
Leonor cresceu como uma flor promissora, embelezando a vida do lar, desde pequena, com fé, amor e ternura. Wanderley e seus irmãos Waldir e Vagner, após terminarem os estudos, ajudaram o pai a projetar a Empresa Emibra em nível nacional e além das fronteiras.
Num espaço mágico e encantador qualquer de Suzano, talvez no lar ou em ambientes mais reservados, Wanderley e Leonor começaram a namorar. A euforia de ambos para se casar era incontida. Chegou o dia do casamento. Era o 26 de abril de 1969. Se casaram na Igreja de São Sebastião na presença de Pe. Miguel Pípolo, dos padres Oblatos de Maria. O amor iluminava todos os cantos do lar. Tiveram 3 filhos, Marcinha, Marcos e Tatiane, educados pelos pais com um olhar sempre carinhosamente acolhedor, sem deixar de se sentir incomodados quando algo na vida dos filhos estava errado.
O futebol era a diversão de Wanderley e o Corinthians o time do seu coração e como não podia ser diferente, ao grito dele pelo Corinthians, fazia eco o grito da esposa e dos filhos.
Se houve momentos difíceis ao longo dos 50 anos, os dois não desanimaram
Voltando o meu olhar para eles que encontro quase todas as semanas, me vejo diante de um casal para quem nada mais poderia ser pedido, além daquilo que eles já deram como membros da Igreja Católica. Fizeram parte durante 20 anos da antiga equipe de casais que preparavam os noivos para o casamento. Acompanharam por muitos anos a catequese de adultos na Paróquia de São Sebastião. A partir do Cursilho de Cristandade realizado na década doa anos 70 enveredaram os caminhos do Evangelho testemunhando seu amor a Cristo e à Igreja. Já com 30 anos de casamento não desistiram do sonho de ver os filhos casados e contar com alguns netos. Celebrei o casamento dos três filhos que embarcaram numa aventura feita de momentos tristes e alegres e hoje, Wanderley e Leonor contemplam o ir e vir dos oito netos saindo de suas casas para viver a maior alegria com os avós.
O casal está com a vontade de fazer ainda um pouco mais no que diz respeito ao ser cristãos.
Fizeram e trabalharam nos Encontros de Casais com Cristo e rezam o Terço toda semana com o Grupo Santa Mônica e estão no grupo de sustentação da Casa Nossa Sra. de Guadalupe.
Wanderley é empresário e também um cidadão que acompanha a política na sua complexidade social e econômica de altos e baixos. É de forma mais ou menos parecido a um cientista político e como bem sabe avaliar tecnicamente os passos certos e errados dos jogadores de futebol, assim sabe avaliar os passos certos ou errados dos governos, federal, estadual e local.
Tudo para ele é uma questão de informação. Todo dia acompanha as notícias dos jornais nacionais e as reações variam entre consternação, diversão, tolerância e medo pela economia do país. Leonor é apaixonada pela fotografia, tem facilidade a manobrar bem todos os aplicativos das redes sociais e cuida das belas relações sociais da família com outros casais.
A ladainha dos elogios a este casal poderia ser esticada até o infinito.
A minha longa amizade com ele se veste de um caráter familiar e sempre motivado por uma cumplicidade solidária.
PMMC SEGURANÇA
BANNER APS DESKTOP
Pmmc Refis 2019
PMMC NOVEMBRO AZUL
Mirante dos Pássaros 14/10 a 15/11

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias