Envie seu vídeo(11) 97569-1373
segunda 25 de maio de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 22/05/2020
DIARIO DE SUZANO SOLIDÁRIO
CEMEAP
COLUNA

Suami Paula de Azevedo

É escritor, responsável pela Mirambava Editora, palestrante e professor universitário. E-mail: suamiazevedo@uol.com.br

Educação Persiste Sendo Fundamental

27 MAR 2020 - 23h59
Vivemos tempos difíceis. Suzano, Brasil, nosso Mundo. Mas estou seguro de que vamos superar o mal que nos ataca com tanta velocidade. Calma. Saúde é Economia, sem uma não há outra. Como sem Educação não há Saúde. Temos de aprender Gestão da Economia. Temos de aprender Gestão da nossa Vida. Olhemos adiante, todo Gestor sabe disso. Sem dar velocidade para o colapso.
Já disse antes, a Educação tem enorme importância em nossa Suzano: “Não separo Educação de Cultura. Educação forma e Cultura transforma. Educar é passar Cultura, passar modo de segurar Saúde”. Melhorar o Mundo.
Lembremos de nossa formação: o povo do Baruel, em 1870, previa grande desenvolvimento com a futura ferrovia que passaria por ali. O local crescia, não mais como pousada de viajantes. Crescera do último quartel do século XVII, à segunda metade do século XIX, duzentos anos de povoação. Tinha treze casas comerciais, merecia o respeito.
O Vilarejo reivindicou e conseguiu mostrar-se como local apto para receber uma escola. Tinha gente influente. Em festa foi informada da promulgação da Lei de 28 de março de 1870 que criava, anexa à Capela de Nossa Senhora da Piedade, na Vila do Baruel, uma “cadeira de primeiras letras para o sexo masculino”. Na situação atual não conseguiremos comemorar hoje, mas temos de registrar essa data e esse fato. Propusemos uma Lei Municipal, mas implicava custos, foi vetada, mas a Câmara aprovou-a como Decreto Legislativo, criando o “Dia da Educação de Suzano”, em 28 de Março. São 150 anos da primeira escola do Alto Tietê.
Mas a ferrovia acabou passando a dez quilômetros dali, em 1873. E junto à ferrovia foi criada, em 1890, a única cidade planejada da Região, a Vila da Concórdia, conhecida por Guaió, depois Suzano. E, sempre na luta por Educação, a gente do lugar instalou alí a segunda escola da Região, em 1892.
Devo destacar que a primeira escola de Mogi das Cruzes só foi instalada por decreto do Conselho Superior de Educação Pública, em meados do mês de agosto de 1896.
Em Suzano conseguimos também Legislação que impõe o Ensino da História Local como obrigatório. Só precisamos praticar. O que ainda não aconteceu. Pena.
E para adiantar, em 1916, quando Suzano, ainda conhecido como Guaio, vai se tornar Distrito, já com habitantes junto a estação de trem, há registros das escolas existentes. A escola do Baruel tinha trinta alunos nessa época. No Guaió havia uma escola com classes para meninos e outra chamada de “escola mista”, com meninas também. Com 30 alunos em ambas. Os alunos das duas classes, mais tarde, seriam ajuntados na unidade depois conhecida como Primeiro Grupo Escolar de Suzano. Essa nova escola em 1956 vai chamar-se “Raul Brasil”, quando era dirigida pela Profa. Jussara Feitosa Domschke, falecida, e que hoje dá nome a outra escola.
A Educação já foi ponto de honra para os suzanenses. Hoje por não ver respeito aos Educadores como relevância nacional, nem com recursos salariais, que permitam vida digna, boa formação e construção de sua cultura, creio se faz importante este registro aqui, agora.
BANNER APS DESKTOP
SANTA CASA SUZANO

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias
SANTA CASA SUZANO