Envie seu vídeo(11) 97569-1373
segunda 21 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 20/09/2020
CEMEAP - SETEMBRO
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
PMMC COVID SAÚDE
COLUNA

Sueli Barão

É evangélica, professora escreve aos domingos

E o sol voltou a brilhar

28 MAR 2020 - 23h59
Você já teve medo diante de algumas situações da vida? Todos nós já passamos por isso. As pessoas têm medo das mais variadas coisas - do escuro, de lugares altos, de falar em público, do fracasso, de enfrentar situações novas, de andar de avião, do desemprego, do futuro, do desconhecido. Com essa pandemia de COVID-19; certamente, muitos estão sentindo muito medo. Sentir medo é uma coisa. Mas viver e deixar-se dominar por ele é outra. Em Números 14:6-9 vemos Josué e Calebe tentando convencer o povo de que não deveria ter medo dos habitantes da terra de Canaã. Eles deveriam, sim, manter o foco na excelência da Terra e no poder e presença do Senhor, que havia prometido dar aquelas terras para eles. Mas o povo não os ouviu, entregando-se à loucura, ao domínio do medo. Inúmeras vezes Deus havia mostrado a Sua fidelidade em relação ao povo, desde a saída do Egito. Ainda assim, eles consideraram apenas as circunstâncias, ao invés de confiarem na grandeza de Seu Deus. 
Aconselhar-se com o medo pode-nos trazer consequências terríveis, porque a resposta sempre vai ser: "Você não pode!"; "Você não vai conseguir!"; "Isso é impossível!". Os discípulos de Jesus também tiveram medo em muitas situações. Certo dia, estavam Jesus e seus discípulos num barco, quando o tempo começou a mudar. De repente, veio uma tempestade com trovões e relâmpagos, as águas ficaram revoltas, e a pequena embarcação ameaçava naufragar. Os discípulos, apavorados, foram procurar o Mestre, reivindicando uma solução. Realmente, a situação deveria ser muito apavorante, pois os discípulos eram pescadores experientes; portanto, deveriam ter feito de tudo para não deixarem o barco afundar. Mas mesmo os mais experientes e mais bem preparados podem ter medo. Chegaram até mesmo a agir de forma inconveniente com Jesus, que dormia tranquilo: - "Mestre, você está aí dormindo, e nós estamos aqui quase morrendo. Será que não se importa conosco?" O Mestre, calmamente, olhando para eles, respondeu: - "Por que vocês estão com tanto medo? Não têm fé em Mim?" (Mateus 8:23-27) Vendo aqueles homens tão experimentados na vida, mas tão inexperientes na fé, Jesus deu fim ao problema. Levantando a mão, ordenou o fim da tempestade. E o sol voltou a brilhar!
Em Mateus 14:25-27, os discípulos enfrentaram outra situação de medo - a questão era olhar o que estava à volta, olhar para aquilo que parecia ser -“"E os discípulos, ao verem-no andando sobre as águas, ficaram aterrados e exclamaram: É um fantasma! E, tomados de medo, gritaram. Mas Jesus imediatamente, lhes disse: Tende bom ânimo! Sou eu. Não temais!" Não deixe o medo te paralisar! Não permita que o medo domine os seus pensamentos. Porque os discípulos não acreditavam que era Jesus; então, tiveram medo. Ou nós acreditamos que Jesus está conosco, seja qual for a situação, ou seremos tomados de medo por tudo que está a nossa volta. Que possamos enfrentar, hoje, o medo que nos paralisa e nos impede de avançar para a conquista da Terra Prometida! "Todas as vezes que eu sentir medo, hei de confiar em Ti". (Salmo 56:3)
BANNER APS DESKTOP
PMMC COVID SAÚDE

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias