Envie seu vídeo(11) 97569-1373
terça 18 de dezembro de 2018

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 18/12/2018
MRV DEZEMBRO - 13º EM DOBRO

Ator suzanense participa de novelas, filmes e do clipe de Pabllo Vittar

Charles Almeida frisa a importância de investimentos na Cultura para oferecer oportunidades e revelar novos talentos

Por Lucas Lima - De Suzano16 ABR 2018 - 23h14
Ator contracenou recentemente em novo clipe “Indestrutível” de Pabllo VittarFoto: Divulgação
O ator suzanense Charles Almeida Araújo, de 24 anos, mais conhecido como Charles Almeida, tem uma vida movimentada no meio da arte. Ele já participou de duas novelas da Globo. Sendo “A Lei do Amor” e “Verdades Secretas”. Além disso, atuou no filme “Meus 15 Anos” estrelado por Larissa Manoela, e foi figurante fixo na 2ª temporada da série “Xilindró”, do canal Multishow. Podemos apontar ainda, a participação do suzanense, que interpretou um garoto homofóbico no clipe “Indestrutível” do cantor Pablo Vittar.
 
Ex-aluno das oficinas culturais do Casarão das Artes, , ele ainda frisou que a Cultura de Suzano deveria receber mais investimentos para oferecer um número maior de oportunidades e revelar novos talentos.
Morador do Miguel Badra, Charles desde pequeno gostou de teatro. "Por ser uma criança extrovertida, foi uma forma que acabei encontrando de passar o tempo. E peguei amor", enfatizou.
 
Aos 15 anos, o ator teve o primeiro contato direto com a arte. Ele começou a participar das oficinas culturais do Casarão das Artes. O talento então despertou. A primeira peça que integrou foi "A Pena e a Lei". Em seguida, fez também "Juiz de Pais na Roça", além da participação em um musical do Michael Jackson. "Era um hobby e do nada virou uma profissão", comentou.
 
Depois de quatro anos, já aos 19 anos, Charles partiu para a cultura do mundo moderno. Criou uma websérie - "Turma da Escola" - no Youtube, que na época recebia apoio da Prefeitura de Suzano. Foi um ano trabalhando na própria iniciativa, que para a surpresa, gerou frutos.
 
A entrada para as telinhas iniciou após participar de uma curta metragem - "O Pesadelo" - realizado por atores e amigos dele da região. Gostou da atuação decidiu procurar agências com intuito de fazer figuração de novelas e filmes. E deu certo. Em 2016, Charles participou das novelas da Globo "A Lei do Amor" e em seguida de "Verdades Secretas".
 
Há menos de dois anos, ele também começou a fazer pegadinhas para programas do Silvio Santos e do João Kléber. Na sequência, teve destaque no Pânico da Band, apresentado nas noites de domingo. Ele fazia parte do quadro "Desempregagas", o qual ele atormentava as Gagas de Ilhéus. Além disso, participou do quadro "Volta Melody", quando a cantora de funk decidiu encerrar a carreira.
 
E não parou por ai. Outras importantes participações ocorrem no mundo cinematográfico. Ele fez parte dos longas nacionais "Internet: O Filme", "Meus 15 anos: O Filme" de Larissa Manoela e de um filme - uma cinebiografia do maestro João Carlos Martins - estrelado por Alexandre Nero. Teve participação também como figurante fixo da 2ª temporada da série Xilindró da Multishow.
 
 
Recentemente, Charles também entrou para o mundo musical ao participar do clipe da música “Indestrutível” de Pabllo Vittar. "Não esperava crescer tanto nesse ramo. A expectativa esse ano e para o futuro é crescer cada vez mais, participando de novas novelas, séries, filmes, entre outros. Sou grato de tudo que já fiz até hoje".
 
Contudo, ele destacou que o incentivo a cultura na cidade, de onde ele surgiu, não pode parar. "A cultura de Suzano foi de extrema importância para a minha vida e pode ser para outras pessoas também", completou.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias