Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Segunda 23 de Outubro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 22/10/2017
mrv

Contadores de Mentira recebem dança e música no fim de semana

Na programação está o show “Contraveneno” dos cantores Kleber Albuquerque e Rubi e o “Encontro de Domingo”

Por De Suzano07 OUT 2017 - 11h15
Cantores Kleber Albuquerque e Rubi apresentam o show 'Contraveneno'Foto: Flávia Alves/Divulgação
O grupo Contadores de Mentira em Suzano apresenta programação diversificada para hoje e amanhã. As atrações são o show "Contraveneno" do cantor paulista Kleber Albuquerque e do cantor brasiliense Rubi, que ocorre hoje, às 20 horas. E a 33ª edição do "Encontro de Domingo", realizado pelo grupo Jabuticaqui, é que será apresentado em Suzano às 17 horas. A entrada para o primeiro é no estilo ingresso colaborativo e gratuita para o segundo.
 
No repertório do show "Contraveneno", os cantores trazem canções poéticas e críticas, tanto autorais quanto releituras de grupos como Legião Urbana e Premê. A princípio apostam na poesia para “desenvenenar" os corações em "tempos tóxicos".
 
Em comum na carreira individual dos dois artistas, Kleber e Rubi, há a influência da tradição da música caipira, das duplas sertanejas ouvidas na infância. Inspirados nisso, os cantores interpretam em dueto clássicos como "Eta Nóis" (de Luhli e Lucina); "Como La Cigarra" (da poeta argentina Maria Elena Walsh); e "Castelo de Amor" ( gravado pelo Trio Parada Dura). Há também, temas inéditos como "Milonga da Noite Preta" (Kleber Albuquerque), "Cantiga de Não Chegar", "Cerol e Contraveneno" (parcerias de Kleber com o poeta e produtor Flávio Alves).
 
Já Encontro de Domingo é uma festa realizada pelo grupo Jabuticaqui que há dez anos reúne amigos para a celebração da cultura popular brasileira. Além do auto intitulado "Boi Estrela Miuda da Guia" que terá a participação dos Contadores de Mentira, o Jabuticaqui abrirá o evento com a apresentação das Caixeiras da Lua. 
 
Também vai participar do encontro o grupo Fabricantes - que se inspira na literatura de cordel. O grupo ainda tem foco na pesquisa de cirandas, cantos de trabalho, cocos e nas cantigas quilombolas e indígenas. Outra presença no "Encontro de Domingo" é do Trilha Trio que usam a seguinte frase para se descreverem "de herança dos maiores viajantes do Brasil e do grande mestre Gonzagão, levamos na mala o nosso Baião". Com Carla Raiza no violino; Giovani di Ganzá na percussão e Giancarlo Barletta no Violão, o Trilha Trio faz música que carrega em sua poesia a história sofrida de um povo que migra do norte para o sul, fugindo da seca e da fome, trazendo na bagagem a esperança a alegria.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias