Envie seu vídeo(11) 97569-1373
segunda 25 de março de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 23/03/2019
PMMC SEMAE
CENTERPLEX SUZANO

Neura fecha o ano com saldo positivo e promete novidades

Dentre as apresentações realizadas, o grupo Neura conseguiu atingir uma estimativa de 5 mil pessoas que passaram pelo espaço durante esse ano

Por de Suzano30 DEZ 2018 - 15h18
Teatro da Neura também circulou em outras lugares do País, como em Ouro Preto (Minas Gerais) com a peça 'O Velório' , além das apresentações da 'Menina da Cabeça de Bola', por várias cidades de São PauloFoto: Sabrina Silva/Divulgação
Com um ano repleto de apresentações e espetáculos culturais, o Teatro da Neura encerra mais um ano com saldo positivo e promete novidades para 2019, em especial, na comemoração dos 15 anos do espaço, celebrado em maio.
 
De acordo com o dramaturgo Antônio Nicodemo, apesar das dificuldades, as expectativas são grandes. "A maior expectativa para 2019 é conseguir sobreviver, mesmo sendo um ano que será extremamente crítico para os artistas, esperamos que o Neura se mantenha produzindo e sobrevivendo", enfatiza.
 
O grupo que atualmente conta com uma equipe de 19 integrantes, além de 15 artistas que fazem parte dos espetáculos, porém como convidados, com intuito de formar artistas e aumentar a visibilidade de cultura em Suzano, seguem com espetáculos. Uma delas, é a circulação do Menino Gigante, por meio do Programa de Ação Cultural (ProAc) da Secretaria Municipal de Cultura do Estado de São Paulo.
 
Balanço
 
Dentre as apresentações realizadas, o grupo Neura conseguiu atingir uma estimativa de 5 mil pessoas que passaram pelo espaço durante esse ano. Além disso, peças como "Morta Mais Linda da Cidade", "Antígona", "Yerma", "Menina da Cabeça de Bola" levaram entretenimento ao público.
 
"2018 não foi um ano fácil politicamente para o Brasil, por isso, há um reflexo disso na arte. Tivemos logo no começo do ano a 'Morta Mais Linda da Cidade', que trouxe em voga debates e tabus para a nossa sociedade que se julga sempre muito moralista. Tratamos na peça sobre a morte, a nudez, o prazer e o direito a exposição ao corpo. Em seguida, trouxemos de volta 'Antígona', uma peça política que já fazia parte do repertório do grupo, que na primeira montagem falava dos ataques do PCC em São Paulo. Na nova versão, além de um elenco que mesclava os novos e antigos membros do grupo, tratamos do Brasil golpeado de 2014. Tivemos também 'Yerma', uma peça com uma estética baseada no realismo fantástico, munida com a questão da mulher e dos relacionamentos conjugais e da pressão social sobre um casal ter ou não filhos. A tendência é que em 2019 isso cresça ainda mais", disse o jornalista e integrante do grupo, Vinícius Amaral.
 
O Teatro da Neura também circulou em outras lugares do País, como em Ouro Preto (Minas Gerais) com a peça 'O Velório' , além das apresentações da 'Menina da Cabeça de Bola', por várias cidades de São Paulo.
 
Oficinas
 
As inscrições para as oficinas no Teatro da Neura já está acontecendo. Os interessados podem comparecer ao espaço localizado na Rua José Garcia de Souza, 682, Jardim Imperador. 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias