Envie seu vídeo(11) 97569-1373
segunda 16 de setembro de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 14/09/2019
PMMC CIAS
Centerplex 12/09 a 18/08

ONG Gerando Falcões sonha em expansão de instituto para o país

Atualmente, o instituto atende 50 mil famílias e atua em nove estados de, pelo menos, 30 comunidades carentes

Por Isabelle Santini - da Região09 SET 2019 - 20h20
Lyra afirma ainda ter um objetivo de expandir o ‘Gerando Falcões’ para o país inteiroFoto: Sabrina Silva/DS
Com o objetivo de realizar a promoção social com crianças da periferia, por meio de setores como esporte, cultura e qualificação profissional, o Instituto Gerando Falcões foi fundado, em 2013, pelo empreendedor social Eduardo Lyra. Atualmente, o instituto atende 50 mil famílias e atua em nove estados brasileiros, atuante em, pelo menos, 30 comunidades. Em entrevista ao DS, Lyra contou como todo o projeto começou.
 
Ele conta que nasceu em Guarulhos, em uma comunidade. Morou por anos em uma construção improvisada, ou popularmente conhecida como 'barraco'. Lyra viu a infância se igualar a dura realidade de muitos jovens moradores de periferias: quando visitava o pai no sistema penitenciário. “Meu pai embarcou no mundo do crime, passei parte da minha infância o visitando no presídio”, diz. 
 
Mas, segundo ele, a mãe, que é sua maior inspiração de vida, o alertava com a seguinte frase: “Não importa de onde você vem, e sim para onde vai”. “Ela depositou energia em mim e disse que eu poderia fazer tudo”, complementa o empreendedor social.
 
LIVRO 
 
Foi então que, por anos, ele utilizou a frase dita pela mãe como um combustível de inspiração. E, a partir daí, a ideia de escrever um livro surgiu. O ‘Jovens Falcões’ foi vendido inicialmente em comunidades. O valor arrecadado pela obra, além do desejo de mudar a realidade de jovens de periferia, foi o ponta pé para o instituto ‘Gerando Falcões’ ser criado.
 
Lyra diz que o termo ‘falcão’ faz alusão ao jovem que enxerga a oportunidade. “Falcão é o jovem que voa, enxerga oportunidades. Por mais que o sistema o coloque lá, ele não se limita aquilo”.
 
Ainda segundo o fundador da ONG, projetos são sempre voltados à população carente e discriminada de comunidades brasileiras. Um deles é o 'Recomeçar', liderado por Leonardo Precioso, que trabalha a reinserção do ex-presidiário na sociedade, por meio da qualificação profissional, desenvolvimento da cidadania, socialização e inserção no mercado de trabalho. "Eu e o Leonardo nos ajudamos. E hoje temos pessoas trabalhando em empresas conceituadas do país", diz Lyra.
 
TRANSFORMAÇÃO 
 
A vida além da perspectiva atual é um dos pensamentos do empreendedor. Ele diz que, por meio da junção de pessoas, o mundo pode se transformar e melhorar. “Não consigo causar transformação sozinho. Temos que derrubar muros e fazer pontes. Temos nosso lema 'Tamo junto' e por meio dele causamos impacto. É a junção do evangélico com o judeu, do negro com o branco, do rico com o pobre. Dessa forma mudamos o Brasil e nos tornamos pessoas melhores. Sinto que nasci para mudar a vida das crianças. É sensacional fazer parte disso".
 
Lyra afirma ainda ter um objetivo de expandir o ‘Gerando Falcões’ para o país inteiro. "Existem espaços em que o Estado não atua. Sendo assim, as pessoas não possuem creche, água potável, saneamento. Ou seja, elas praticamente não possuem cidadania. E, ao mesmo tempo, encontramos lugares super desenvolvidos. Por isso o instituto me transforma todo dia. Não podemos perder nossa essência", finaliza.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias