Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Segunda 11 de Dezembro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 10/12/2017
mrv

Projeto 'Marionnette’desenvolve artistas para formação da dança

Por De Poá06 DEZ 2017 - 08h25
Marionette terá estreia hoje, a partir das 10 horas na escola E.M.E.B. Roberto Elias Xidieh, com atividades e apresentações para a formação de público na dançaFoto: Amanda Oliveira/Divulgação
O projeto "Marionnette” foi criado no início do ano com o objetivo de oferecer aos bailarinos do Centro de Dança de Poá uma oportunidade de experiência artística profissional e também o desenvolvimento na formação do público para dança. E a primeira atividade do projeto ocorrerá, nesta quarta-feira (6), a partir das 10 horas na Escola Municipal de Educação Básica (E.M.E.B) Roberto Elias Xidieh, localizada na Rua Sebastião de Almeida, 65, Jardim Nova Poá.
 
Durante a trajetória da companhia, foram desenvolvidos inúmeros trabalhos para serem apresentados na cidade, datas comemorativas, festivais e mostras de dança. O projeto “Marionnette” foi inclusive contemplado por um edital do Programa de Ação Cultural (Proac).
 
Ao buscar uma autonomia como grupo independente, o Centro de Dança de Poá visa através deste projeto, realizar uma investigação sobre manipulação e controle que a sociedade sofre, e a partir disto, de forma lúdica, aprofundar uma pesquisa coreográfica para comunicar e gerar reflexão ao público direto e indireto.
Para um dos fundadores do projeto, Luiz Fernando Reis, a ação que tem um período de dez meses, planeja ações norteadoras para levar ao público atividades gratuitas.
 
"Realizaremos mostras como oficinas de dança nas escolas públicas e centros culturais de Poá, além de oficinas, espetáculos e as apresentações. Além disto, acreditamos que por estarmos inseridos no município, há um grande interesse do grupo em fomentar a formação de público na cidade para que futuramente possamos realizar trabalhos que sejam pagos, parte ou completamente, pelo público que usufrui e assim potencializar outros caminhos para o desenvolvimento da arte, além das políticas públicas já existentes", ressalta.
Para o Centro de Dança, ter a oportunidade de ser contemplado neste edital, é portanto, uma possibilidade de se apropriar da dança como disparador de reflexões tanto para os bailarinos, quanto para o público, e também de desenvolvimento de uma companhia de dança profissional em Poá, que irá semear outros frutos a partir deste projeto.
 
Ações do projeto
 
O projeto "Marionnette" possui as seguintes ações: o “Processo criativo”, no qual aponta o período destinado a criação do espetáculo completo com duração de quatro meses, os quais os bailarinos terão aulas e ensaios semanais. Nesta etapa, a pesquisa e a investigação coreográfica serão elementos norteadores.
 
As “Oficinas”, que serão elaboradas pelos bailarinos intérpretes, sob orientação da diretora do grupo Cristiane Renzi, com intuito de vivenciar a experiência de planejar uma aula de dança, para um público de crianças e jovens que se encontram em um ambiente não formal para a dança. 
 
Além das “Mostras de processos”, onde o grupo através do processo criativo realizará dois ensaios abertos com trechos das cenas que foram criadas. Além de consolidar o trabalho coreográfico, é uma estratégia para instigar aquele público a ir assistir o espetáculo "final" do projeto. 
 
E por fim, as “Apresentações”, ou seja, após os quatro meses de criação, as apresentações serão distribuídas nas cidades de Poá, Suzano, Mogi das Cruzes e São Paulo, sendo elas gratuitas.
Após cada espetáculo, o grupo conversará com o público sobre as interpretações que eles fizeram da obra, e a partir disto, dialogar as problemáticas que motivaram a criação do espetáculo.
 
Com as oficinas e mostras de processo, voltado para criança e jovens, Luiz conta que pretende atingir também todas as faixas etárias com as demais apresentações. 
 
“Através do projeto, estimamos atingir um público de aproximadamente 3 mil pessoas de acordo com cada ação do projeto”, finaliza.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias