Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Domingo 22 de Outubro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 21/10/2017
mrv

Teatro da Neura prepara peça 'A Morta Mais Linda da Cidade'

Trabalho é inspirado na obra literária 'A Falecida', do escritor pernambucano Nelson Rodrigues

Por Marília Campos - De Suzano19 SET 2017 - 07h01
Nicodemos explica que o Neura segue duas linguagens: o realismo fantástico e o teatro sociedadeFoto: Sabrina Silva/Divulgação
O Teatro da Neura iniciou os ensaios e preparativos da peça 'A Morta Mais Linda da Cidade', com previsão de estreia para março do ano que vem. O trabalho é inspirado na obra literária 'A Falecida', do escritor pernambucano Nelson Rodrigues, e dá continuidade à pesquisa realizada sobre o contexto suburbano.
 
O diretor e dramaturgo da companhia, Antônio Nicodemo, explica que o Neura segue duas linguagens: o realismo fantástico e o teatro sociedade. "'A Morta Mais Linda da Cidade' é livremente inspirada na tragédia carioca de 'A Falecida' e segue os preceitos da tetralogia de subúrbio, que abrimos no início do ano com a peça 'A Última Virgem- Uma Ópera Rodriguiana do Subúrbio', onde abordamos ainda a estética carnavalesca".
 
O enredo do novo trabalho conta a história da protagonista Zulmira que planeja o enterro e a morte ideal, a fim de transformar o acontecimento em um grande evento luxuoso e causar inveja na sociedade, principalmente à prima Glorinha. "A nossa pesquisa do autor é para quebrar paradigmas, uma vez que Nelson Rodrigues é muitas vezes taxado de machista e outros adjetivos negativos. Transformamos a obra dele, é uma desconstrução, resignificando símbolos e personagens", diz Nicodemo. 
 
"A mulher, na obra de Rodrigues, é sempre um papel forte, geralmente de personagem principal e que por vezes é mal retratada. Em 'A Última Virgem', por exemplo, nós trazemos a quebra do paradigma de mulher objeto no Carnaval. A gente sempre se questiona. Na época das obras, 95% do conteúdo eram censurados porque mostra as mazelas da sociedade de forma escrachada. Os temas sempre envolvem mulher, política e futebol. É o subúrbio", completa.
 
A companhia teatral costuma explorar os estudos por cerca de dois anos antes da estreia de uma peça. Porém, em 'A Morta Mais Linda da Cidade', a análise foi feita em um prazo menor, já que o grupo possui grande conhecimento de campo do autor. "Buscamos consolidar um elenco para essas peças, ainda que haja muita transição de funções entre os atores envolvidos", destacou. Outra aposta do Neura é quanto à qualidade na estética dos espetáculos. "Queremos trilhar um caminho de excelência na criação das personagens e a representação. Para isso, uma novidade é brincar com mágicos e ilusionistas na peça, já que a personagem exige um funeral espetacular". 
 
'A Morta Mais Linda da Cidade' contará com o elenco de Cibele Zuchi, Tuane Vieira, Guto Moura, Tamara Pinheiro, Juliana Orthz, André Antero e Cauê Drumond, também responsável pela direção musical. Já o figurino estará por conta de Thais Fernandes e Leandro Santana. Cenário, iluminação, preparação corporal e projeto gráfico são de Gilson Perez, Carlos Rei, Lígia Beber e Flávia Gonçalves, respectivamente. O espetáculo está sob produção de Vinícius Amaral. 
 
Parceria
Apesar do trabalho intenso e ininterrupto durante o ano, a companhia independente atua há 13 anos sem o apoio de instituições. "Queremos sim o apoio das entidades e estamos dispostos a retribuir da melhor forma possível. Hoje sentimentos a necessidade de que olhem para o Neura como um lugar de investimento. O espetáculo 'A Última Virgem' nos deu uma boa visibilidade. Temos uma boa rotatividade de visitantes e ainda realizamos ações inclusive fora de Suzano, em CEUs e Sesc’s", diz o dramaturgo. A estimativa é de que o Espaço N, gerido pelo grupo, receba em média 7 mil pessoas anualmente. 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias