Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quinta 01 de outubro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 01/10/2020
ÚNICCO POÁ
SOUZA ARAUJO
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO

Carnaval Mogi das Cruzes tem início neste sábado com desfiles na Avenida Cívica

02 FEV 2016 - 21h11
O secretário municipal de Cultura, Mateus Sartori, recebeu a imprensa na tarde de hoje para fazer a apresentação oficial da programação e estrutura para o Carnaval Mogi das Cruzes 2016. Neste ano, em virtude da crise econômica, a festa terá investimento total de R$ 631.703,88, uma redução de quase 50% com relação ao que foi gasto na última edição. A principal mudança é a retirada das arquibancadas da Avenida Cívica, também por conta da contenção no orçamento, porém os desfiles na Avenida Cívica terão o mesmo esquema de segurança, saúde e trânsito do ano passado, com o objetivo de oferecer uma festa bonita e segura para toda a família mogiana.

A programação começa neste sábado, com os desfiles das escolas de samba do Grupo de Aceso. A corte carnavalesca fará a abertura da festa a partir das 19h45 e logo na sequencia, a partir das 20 horas, quem toma a Avenida Cívica é o Bloco 60 Mais Mogi, juntamente ao cordão de blocos, que tem participação livre. Os desfiles começam às 21 horas, com as agremiações Unidos de Jundiapeba, Guerreiras de Fogo (22 horas), Unidos do Sales (23 horas) e Unidos da Vila Cléo (meia-noite).

No domingo, a programação do Carnaval continua com os desfiles do Grupo Especial na Avenida Cívica. Após a passagem da corte carnavalesca, apresentam-se as agremiações Unidos da Vila Industrial (20 horas), Acadêmicos da Fiel (21 horas), Águia de Prata (22 horas), Imperatriz do Rodeio (23 horas), Estação 1ª de Brás Cubas (meia-noite) e Acadêmicos do São João (1 hora).

A parte de iluminação e sonorização da Avenida Cívica permanecerá a mesma de anos anteriores. A principal alteração é a arquibancada, que não será montada neste ano. Em substituição, o público terá algumas tendas, que devem ser utilizadas preferencialmente por idosos, crianças e pessoas com deficiência. Os jurados estarão distribuídos em três palcos com pouco mais de 1 metro de elevação e serão seis (de diferentes quesitos) em cada uma das estruturas. As autoridades, imprensa, coordenação do evento e escolas de samba terão a mesma estrutura oferecida ao público.

“Será um Carnaval mais simples, porém que atende a necessidade de todos. Acredito que quem gosta mesmo de Carnaval vai até a Avenida prestigiar os desfiles, independente de haver ou não arquibancada. Até porque, conforme já apuramos, as arquibancadas nunca chegaram a lotar em edições anteriores. Só deixamos o pedido para que, quem fizer questão de utilizar as tendas, que chegue cedo à avenida”, destacou o secretário, lembrando que, com todas essas reduções, só a Secretaria de Cultura praticou uma economia de R$ 700 mil na festa. Isso sem contabilizar o apoio, material e humano, que é prestado por outras Secretarias anualmente no Carnaval.

Na parte de segurança, haverá 150 profissionais por dia atuando, entre guardas municipais, policiais militares e civis, agentes de trânsito, agentes de fiscalização de posturas, seguranças particulares e brigadistas. A Polícia Militar vai montar barreiras em todas as possíveis entradas da festa, para a revista de todos que desejarem acessar o perímetro dos desfiles. A entrada com bebidas alcóolicas é proibida e também não haverá comércio desse tipo de produto no local. A Secretaria Municipal de Segurança também estará presente com a Unidade Móvel de Monitoramento da Secretaria Municipal de Segurança, que fará a captação de imagens da área da festa e arredores, auxiliando na coibição e identificação de qualquer eventualidade.

O secretário municipal de Segurança, Eli Nepomuceno, também participou da coletiva e lembrou que, nos últimos anos, o Carnaval tem sido muito bem sucedido, sem registro de ocorrências graves. “Com as barreiras montadas nos pontos de acesso do público e os gradis fazendo o isolamento da avenida, conseguimos ter o controle sobre o evento e garantir que ele seja absolutamente seguro para todos que desejam ir. Vale lembrar que teremos ainda 32 empreendedores de rua cadastrados junto à Prefeitura atuando na praça de alimentação que será montada na praça atrás da área restrita, mais 6 feirantes cadastrados junto à Secretaria de Cultura”, informou.
 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias