Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sexta 14 de dezembro de 2018

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 13/12/2018
PMMC DEZEMBRO - SALA DO EMPREENDEDOR
MRV DEZEMBRO - 13º EM DOBRO

Condomínio para idosos ‘Vila Dignidade’ deve ser expandido na região

16 AGO 2015 - 08h01

O secretário de Estado da Habitação, Rodrigo Garcia, afirmou ontem, após inauguração da Vila Dignidade, em Mogi das Cruzes, que a partir de agora as cidades médias e grandes do Alto Tietê e região devem se habilitar para receber novos condomínios do Programa Vila Dignidade. Segundo o deputado estadual, Estevam Galvão de Oliveira (DEM), Suzano tem condições de receber a iniciativa. A proposta será apresentada a Prefeitura (leia mais na matéria abaixo). As declarações foram dadas durante coletiva à imprensa, na Vila Cecília.

De acordo com Garcia, hoje o Estado possui 34 moradias em construção no interior de São Paulo, além de 216 projetos para outros 13 municípios. "Quero destacar em nome do governador Geraldo Alckmin (PSDB) a importância da Vila Dignidade em Mogi das Cruzes, primeira na região Metropolitana de São Paulo. Ela abre espaço para que outros municípios em parceria com o governo possam se cadastrar e pleitear o condomínio. O projeto do Estado em parceria com as prefeituras conveniadas é dedicado aos idosos de baixa renda que tenham condições de mobilidade, mas normalmente com vínculos familiares frágeis", explica

Segundo ele, por meio da parceria, o Estado constrói o empreendimento e a administração através da Assistência Social assume a gestão. Garcia também lamentou durante entrevista, a ausência do governador na inauguração, devido ao processo de investigação de chacina ocorrida em Barueri e Osasco na última quinta-feira.



HABITAÇÃO

O secretário destacou novamente a implantação de mais de 10 mil moradias na região da Fazenda Albor, entre Itaquaquecetuba, Arujá e Guarulhos. O terreno de 2,7 milhões m² da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) receberá habitações intercaladas com áreas de serviços públicos, privados e também de logística. O empreendimento beneficiará famílias moradoras de áreas de risco cadastradas por ambas as municipalidades.

"Esta é a segunda parceria público-privada de habitação do Brasil, a primeira foi feita em São e a segunda será no Alto Tietê. Faremos o edital até o final do ano e em seguida licenças ambientais e obras", completa.



DESAPROPRIAÇÕES

No começo do mês, a Polícia Militar (PM) realizou uma operação de reintegração de posse na área a pedido do Tribunal de Justiça. Aproximadamente 500 famílias foram retiradas do local, ocupado irregularmente por elas. Em seguida, parte delas ocuparam um prédio em fase de obras da CDHU, que posteriormente também sofreu reintegração.

Participaram da inauguração da Vila Dignidade secretários, vereadores, inclusive o presidente da Câmara, Antonio Lino da Silva (PSD), os deputados estaduais, Marcos Damásio (PR), Luis Carlos Gondim (SD) e Estevam Galvão de Oliveira (DEM), o comandante do Policiamento de Área Metropolitano (CPAM/12), coronel Mauro Lopes, entre outras autoridades.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias