Envie seu vídeo(11) 97569-1373
segunda 21 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 20/09/2020
PMMC COVID SAÚDE
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO

Em um ano, emissão de CNH cai 15,6%. Cenário está atrelado à crise econômica

22 MAI 2016 - 08h01

A emissão da primeira Carteira Nacional de Habilitação (CNH) teve queda de 15,6% em 2015 na comparação com 2014. O cenário da crise econômica é um dos principais responsáveis pela queda na procura pela licença para dirigir. De acordo com o Detran.SP, no último ano foram emitidas 20.211 permissões no Alto Tietê. No ano anterior, o órgão concedeu 23.946. Em todo Estado, foram expedidas 826.267 CNHs em 2014 contra 663.081 em 2015. Em Suzano, as auto-escolas confirmam a baixa procura pela primeira habilitação.

Segundo a gerente de uma unidade localizada na Rua Benjamin Constant, Camila Wieck Lima, hoje o preço médio gira em torno de R$ 800. No total, com taxas e testes o valor chega a R$ 1.522. "A burocracia aumentou do ano passado para agora e sentimos a queda na procura mesmo com a redução do preço da habilitação. Acredito que a crise financeira motiva este cenário, uma vez que os clientes optam por serviços mais urgentes", comenta.

Camila destaca que o período entre agendamento e exames está mais demorado, mas a exigência de aulas no simulador melhora a percepção do aluno. "Os novos motoristas chegam à aula prática com mais conhecimento e melhor preparado", frisa.

A diretora de uma auto-escola situada na Avenida Armando de Salles Oliveira, Tamara Said, completa que hoje o processo se tornou mais rápido, uma vez que é possível realizar todo processo em cinco meses. Na unidade, o valor completo da CNH sai por R$ 1,6 mil. "Diminuiu o número de candidatos, então as provas agendadas pelo Ciretran não costumam demorar, o que beneficia os solicitantes que tem mais pressa. A crise tem afetado este setor, já que muitos consumidores desistem de tirar a habilitação para resolver questões mais importantes", explica.

No Alto Tietê, Itaquaquecetuba segue no primeiro lugar do ranking das cidades que mais emitem a primeira habilitação. Em 2014, o município expediu 5.581 CNHs. Em 2015 foram 4.940. Suzano está na segunda posição. No ano passado foram 4.170 contra 4.570 no ano anterior.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias