Envie seu vídeo(11) 97569-1373
segunda 28 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 27/09/2020
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
PMMC COVID SAÚDE
Pmmc Sarampo
ÚNICCO POÁ

Isenção do IPTU para vítimas de enchentes é aprovada em Poá

16 JAN 2016 - 07h01

 Foi aprovado ontem, na Câmara de Poá, o projeto de Lei 1/2016 para isenção do Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU) às vítimas da enchente que aconteceu no último sábado. A sessão extraordinária teve início às 9h30 e reuniu comerciantes da área central que perderam mercadorias e equipamentos de trabalho, e famílias que tiveram suas casas alagadas. Além disso, os vereadores aprovaram o projeto de lei para isenção da taxa do lixo.

O objetivo é diminuir as contas pagas pelos poaenses que estão passando por dificuldades. O próximo passo é o encaminhamento dos projetos à Prefeitura da cidade para que sejam sancionados pelo prefeito Marcos Borges (PPS), que se reuniu ontem com donos de prédios afetados pelas enchentes (leia mais na página 8 Região).

Durante a sessão na Câmara, os vereadores também realizaram requerimentos, que serão encaminhados à Prefeitura, solicitando que não haja reajuste no ônibus, o que já está decido pelo prefeito, conforme divulgado no DS, ontem. Além disso, a Casa de Leis, também apresentou o requerimento solicitando a isenção da cobrança da água e esgoto aos poaenses. Os requerimentos não possuem forma de lei e são pedidos que podem ou não ser atendidos pela administração da cidade.

Ao fim da sessão, os comerciantes se exaltaram com os vereadores na câmara. Segundo eles, as medidas tomadas não são suficientes. "Eu vim aqui para pedir por meus direitos e cadê eles? Ninguém faz uma lei a favor do comerciante", comentou o comerciante Amaury Coelho.

A comerciante Lana Sampaio explicou que as medidas não são o suficiente. "Eu perdi R$ 15 mil com a enchente. Mas sou uma das que menos perderam. Do que adianta essas medidas? E se voltar a chover e eu perder tudo de novo? Cadê propostas para melhorar a situação do município", opinou.

O presidente da Câmara de Poá, Mário Massayoshi Kawashima (PSD), o Mário Sumirê, comentou sobre outras medidas. "Estamos estudando o ressarcimento dos munícipes. Esses comerciantes estão em sua razão, muitos perderam tudo. É difícil imaginar o que é perder o colchão em que se dorme. A câmara está acompanhando a situação e trabalhando para ajudar".

CRUMA

Os trabalhadores da Cooperativa de Reciclagem Unidos do Meio Ambiente (Cruma), que tiveram seu galpão incendiado na última segunda-feira também estiveram na sessão. Pensando nesses trabalhadores, os vereadores realizaram requerimento pedindo que o Cruma fosse apoiado com a aquisição de um novo caminhão de coleta para a cooperativa, além de investimento para recuperar ou galpão ou encontrar um novo local.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias