Envie seu vídeo(11) 97569-1373
terça 29 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 29/09/2020
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
SOUZA ARAUJO
Pmmc Sarampo
PMMC COVID SAÚDE
ÚNICCO POÁ
basquete

Mogi/Helbor vence em casa e empata playoff da final do Campeonato Paulista

18 OUT 2015 - 01h51
O Mogi/Helbor venceu ontem o São José, por 81 a 68, ao som de seus mais de cinco mil torcedores que lotaram o Ginásio Professor Hugo Ramos. Com o resultado, o time do técnico Paco García empatou a série em 1 a 1 e forçou o terceiro e último jogo da série, que acontecerá no próximo sábado, também às 14h10, no Hugo Ramos.

Os cestinhas desta segunda partida foram o ala Shamell, com 22 pontos, ao lado do pivô Lucas Mariano, com 18 anotados. O armador Larry Taylor também se destacou no jogo pelo Mogi, com 13 pontos e sete rebotes, seguido pelo capitão Guilherme Filipin, com 10 pontos.

Para Paco, o controle do placar foi fundamental para vencer o jogo. "Hoje saímos muito mais focados, com início de jogo impressionante. Havia um buraco grande com o Lucas, Shamell encontrou seu nível e pouco a pouco foram aparecendo os outros jogadores. O controle do placar foi muito importante e evitar que eles recuperassem o resultado foi a chave para conseguir a vitória. E para nós é muito fácil jogar neste ginásio com esta torcida".

O pivô Lucas arrebentou principalmente no início do jogo e saiu de quadra bastante satisfeito com seu trabalho e com o resultado da equipe. "Eu fiz o que eu podia para ajudar o time e todo mundo entrou focado. Com todo mundo ligado no jogo, nós mostramos a nossa força. Hoje deu tudo certo e foi maravilhoso. A torcida nos empurra e hoje foi uma coisa linda de se ver."

 

O jogo

O jogo começou com total domínio do Mogi em quadra, ante o São José. O time de Paco García chegou a abrir 14 pontos de diferença e fechou o primeiro quarto em 26 a 14. O pivô Lucas Mariano foi o destaque do período com 13 pontos anotados e o ala Shamell com oito.

No segundo quarto os joseenses esboçaram uma reação, pontuaram mais, mas o Mogi continuou com uma boa vantagem no jogo: 42 a 33 (parcial 16 a 19).

O terceiro quarto foi mais equilibrado, mas o Mogi das Cruzes/Helbor estava bem no jogo, abriu 16 pontos à frente e conseguiu administrar sua vantagem, terminando em 62 a 52 (parcial 20 a 19).

O Mogi continuou firme na partida e gerenciou seu placar favorável, vencendo bem o São José em casa. Parcial do período de 19 a 16.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias