Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sábado 24 de outubro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 24/10/2020
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
PMMC OUT ROSA
SOUZA ARAUJO
Pmmc Sarampo Outubro
ÚNICCO POÁ

Poá ensinará defesa pessoal às mulheres e terá Banco de Leite

21 JAN 2016 - 07h01

As mulheres poaenses ganharão, a partir de fevereiro, aulas gratuitas de defesa pessoal. A iniciativa tem por objetivo assegurar ao público feminino medidas de combate a agressões e crimes como furto e estupro. As poaenses também passarão a contar, daqui a aproximadamente seis meses, com o Banco de Leite materno.

O projeto, que ainda está em desenvolvimento, visa incentivar a amamentação. As ações foram divulgadas ontem pela secretária da Mulher, Aretha Marques, durante inauguração do Cantinho da Mamãe Funcionária, espaço dedicado ao aleitamento materno.

De acordo com Aretha, o curso de defesa pessoal feminina é gratuito e aberto a todas as mulheres poaenses. As inscrições serão abertas nos próximos dias, na sede da Secretaria, na Rua Fernando Pinheiro Franco, 141, Centro. As aulas serão ministradas durante todo o mês de fevereiro. Já o Banco de Leite será implantado em conjunto com a Secretaria de Saúde.

Segundo o chefe da pasta, Alexandre Russo Cardani, o primeiro passo é treinar os funcionários de Saúde e em seguida fazer o cadastramento para doação do leite materno. "Esta é uma iniciativa pouco onerosa que demanda de protocolos. Estimamos por o projeto em prática em seis meses. Ele será permanente e é um passo importante que possui interesse de ambas as Secretarias, com isso queremos incentivar a amamentação", explica.

ALEITAMENTO

Para incentivar ainda mais o aleitamento materno, a Secretaria da Mulher inaugurou ontem o 'Cantinho da Mamãe Funcionária', na sede da pasta. O espaço é equipado para receber as funcionárias públicas de Poá que podem tanto amamentar no local quanto fazer a retirada do leite. Segundo a funcionária pública, Flávia Grossi, mãe do Miguel, de 6 meses, este é um espaço importante.

"Em muitos locais nos sentimos constrangidas ao amamentar. Há ainda os que proíbem o ato em público e o bebê se incomoda com a fralda no rosto, então este espaço é uma conquista", comenta.

Aretha completa que hoje Poá possui 50 servidoras municipais lactantes e o Cantinho da Mamãe Funcionária vem para incentivar o aleitamento materno, além de oferecer mais conforto as mães que precisarem retirar o leite.

"Sabemos que o leite materno é o melhor para o bebê não adoecer e tendo este espaço, a mamãe pode trabalhar mais tranquila. Queremos com isto incentivar também outras empresas públicas e privadas", detalha. (P.Q.)

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias