Envie seu vídeo(11) 97569-1373
domingo 25 de outubro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 25/10/2020
Pmmc Sarampo Outubro
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
PMMC COVID VERDE
PMMC OUT ROSA
PMMC MULTI 2020

Vereadora tem casa invadida por assaltantes

04 FEV 2016 - 07h01

Uma quadrilha invadiu ontem a casa da vereadora de Suzano, Abigail Maria do Carmo (PR). Quatro assaltantes entraram, por volta das 4 horas no local, que fica situado na Rua João Augusto, no Jardim Suzano. A legisladora e o marido dormiam no momento da invasão (Leia matéria ao lado). Vizinhos da parlamentar ouviram barulhos na rua e avisaram a Polícia Militar, que prendeu todos os criminosos.

Os bandidos conseguiram entrar na casa da vereadora após danificar o portão usando ferramentas, tais como uma chave de fenda. Vizinhos ouviram barulhos oriundos da rua e observaram que homens entraram na casa da vereadora. As testemunhas não tinham o conhecimento se algum morador estava no local e, portanto, comunicaram a invasão para polícia.

Quando estavam no local, os policiais precisaram entrara por meio do telhado. Em seguida, a polícia encontrou os criminosos que mantiveram a parlamentar e o marido reféns. A negociação para soltá-los e se entregar durou 15 minutos. "Eles chegaram a me dar uma coronhada. A única coisa em que pedi foi para poupar o meu marido, pois ele saiu recentemente de uma cirurgia", contou Abigail.

Acredita-se que os criminosos não tivessem o conhecimento sobre a vida política de Abigail. Isto, porque o propósito dos bandidos era de roubar quantias em dinheiro, joias e objetos de valor. A Polícia Civil deve analisar se eles estão envolvidos em outras invasões a residências na região.

ITENS APREENDIDOS

Um alicate específico para cortar ferro, um revólver calibre 38, munições, R$ 800 e o carro usado no crime foram apreendidos. O dinheiro pertence à vereadora e, portanto, foi devolvido. Três assaltantes já possuem passagem na Justiça: roubo, furto, receptação e tráfico de drogas.

Segundo a Polícia Militar, um criminoso saiu há cinco dias da prisão, onde cumpriu uma pena de dois anos e meio.

Até o fechamento desta matéria, o caso ainda era registrado na Delegacia Central. Sendo assim, a reportagem não teve acesso aos crimes pelos quais os homens deverão responder.

Contudo, investigadores disseram que eles deverão permanecer na Cadeia Pública, porém, serão transferidos a uma unidade do Centro de Detenção Provisória (CDP) da região.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias