Envie seu vídeo(11) 97569-1373
terça 27 de outubro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 27/10/2020
PMMC MULTI 2020
PMMC OUT ROSA
SOUZA ARAUJO
Pmmc Sarampo Outubro
PMMC COVID VERDE

Vítima baleada em van reconhece atirador

04 JUN 2016 - 08h01

J.S.C., de 81 anos, foi reconhecido ontem por uma das vítimas baleadas em uma tentativa de homicídio dentro de uma van no final do mês de abril, em Suzano.

Ele está preso no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Pinheiros, por ter cometido um crime parecido em um ônibus próximo ao Terminal João Dias, na Zona Sul de São Paulo.

O crime aconteceu no domingo, quando o idoso sacou uma arma e atirou em um homem. Na ocasião, outro passageiro desmaiou com a cena e o homem o esfaqueou. Ele não resistiu e morreu.

Segundo o delegado Eduardo Peretti, do 2º Distrito Policial de Suzano, o idoso foi reconhecido por uma das vítimas do caso da van no município.

Ao assistir em um programa policial o crime que aconteceu em São Paulo, Peretti lembrou que o cobrador da van de Suzano, que foi baleado, contou que o autor dos disparos era um idoso. “Imprimi a foto do suspeito e mostrei a uma das vítimas. Ele foi reconhecido e está preso desde o final do mês de maio em São Paulo. O idoso não falou nada sobre o caso e ainda será ouvido”.

No dia 28 de abril, em Suzano, a motorista e o cobrador de uma van do bairro Jardim São José foram baleados no cruzamento das ruas Guilherme Garijo com Margarida Lima de Oliveira. Na van, a motorista estava inconsciente, ensanguentada e baleada na região do pescoço. O cobrador estava na parte de trás do veículo, também inconsciente e ensanguentado, baleado no rosto. Os dois passam bem.

Após a tentativa de homicídio, o idoso fugiu em outro ônibus. Ele não foi reconhecido na época do crime, pois não havia testemunha no local.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias