Envie seu vídeo(11) 4745-6900
sexta 03 de dezembro de 2021

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 03/12/2021

81,8% em contato com o vírus

10 NOV 2021 - 05h00

Reportagem publicada, na edição de ontem, pela Agência Brasil traz um levantamento inédito e muito importante para acompanhamento dos casos de Covid-19 no Estado e na região do Alto Tietê.
Apesar de os números mostrarem apenas a Capital Paulista podem refletir em praticamente em todas as regiões do Estado.
O estudo mostrou que cerca de 81,8% da população adulta da capital paulista já tiveram contato com o vírus SARS-CoV-2, causador da Covid-19, ou foram vacinadas contra a doença. O estudo, divulgado sugere ainda que o número de casos graves e mortes, causados pela Covid-19, devem continuar a diminuir.
O estudo é importante para garantir também um planejamento efetivo na continuidade de combate ao vírus.
Os casos vêm caindo, mas ainda não se pode “baixar a guarda” e seguir as restrições sanitárias e precauções, como o uso de máscaras. O DS traz, na edição desta quarta-feira, por exemplo, a decisão das prefeituras de manter o uso do acessório.
Os dados, divulgados ontem pela Agência Brasil, fazem parte da sétima fase da pesquisa SoroEpi MSP, financiada pelo Grupo Fleury, Ibope Inteligência, Todos pela Saúde e Instituto Semeia. Foi realizada entre os dias 9 e 20 de setembro de 2021.
No período da coleta dos dados, a porcentagem da população adulta vacinada com duas ou mais doses na cidade aumentou de 8,3% para 65,7% e a fração da população adulta não vacinada diminuiu de 83,6% para 4,1%. 
“Esse grande aumento da frequência de adultos com anticorpos neutralizantes provavelmente se deve ao aumento do número de indivíduos que receberam uma ou duas doses da vacina somado aos indivíduos não vacinados, mas que já tinham sido infectados pelo SARS-CoV-2”, diz o texto do estudo.
Na comparação com a sexta fase, realizada em abril de 2021, verificou-se aumento de 33,3% para 81,8% da população com anticorpos neutralizantes, sendo 81,3% nos distritos mais ricos e 82,3% nos distritos mais pobres. 
O combate à Covid-19 deve ser mantido e intensificado. No Estado de São Paulo, por exemplo, foi registrado menos de 3 mil pessoas internadas pela Covid-19: são 2.935 pacientes, somando 1.347 em UTI e 1.588 em enfermaria. Os números são os menores desde abril de 2020, início da pandemia.
O número total de internados é dez vezes menor que o registrado no pico da segunda onda, que chegou a ultrapassar 31 mil pacientes com a doença.
As taxas de ocupação dos leitos de UTI também estão entre as menores da história da pandemia, com 24,2% no estado e 30,9% na Grande São Paulo.
No decorrer da pandemia, até o momento, houve 4.414.187 casos, dos quais 4.244.375 já estão recuperados, incluindo 456.458 que foram internados e receberam alta hospitalar. Houve também 152.529 óbitos.
O detalhamento dos dados da pandemia está disponível no site www.saopaulo.sp.gov.br/coronavirus.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias